Aventura romântica: 10 lugares para viajar no Dia dos Namorados

Como vai ser seu Dia dos Namorados? Já tá cansado daquele jantar romântico de todo ano? E daquele presentão gigante que só vai ficar acumulado no canto de casa? Que tal variar um pouco, e aproveitar uma boa viagem?! Mas calma, você não sabe para onde ir? Fique tranquilo que o Blog Vida ao Ar Livre já pensou em tudo. Nessa lista, selecionamos alguns lugares para viajar no Dia dos Namorados dependendo do cenário que vocês quiserem conhecer.

E o melhor: pensando que cada casal tem um estilo, escolhemos para cada tipo de viagem um destino para os casais mais aventureiros, e outro para os mais “paz e amor”. Confere a lista!

 

VIAGEM PARA A NEVE
  • Cruzeiro na Antártica. Para casais que gostam de lugares inóspitos.

O “sexto continente” do mundo sempre fascinou os mais corajosos pelo isolamento e condições baixíssimas de temperatura. Isso sem falar na travessia do Estreito de Drake, conhecida por ser a região de navegação mais tormentosa de todos os mares. Chegando lá, as montanhas de gelo, as colônias de pinguins e os saltos das jubartes são apenas parte do show. Imagine agora ter o privilégio de assistir a isso tudo do quentinho de um grande cruzeiro? É claro, você vai descer diversas vezes em solo antártico para tirar melhor as suas fotos. E nós garantimos que as focas e leões marinhos estarão guardando as melhores poses.

ushuaia - cruzeiro na antártica

 

  • Aurora Boreal em Tromsø, Noruega. Para casais que gostam de relaxar e também curtir a noite.

No oposto geográfico do planeta, o frio também reina. Mas curiosamente, a capital das auroras boreais tem uma temperatura muito mais agradável (-10ºC) que a de outras regiões de aurora no mundo (-30 a -40ºC). Mas se engana quem acha que vai lá “apenas” para ver o céu e ir embora. Tromsø também oferece atividades mais radicais, como passeios em moto de neve, e tem ótimos restaurantes, pubs e nightclubs. Tudo com a comodidade dos luxuosos hotéis noruegueses.

aurora boreal - noruega

 

VIAGEM CULTURAL

 

  • Campo Base do Everest, Nepal, Ásia . Para casais que gostam de um bom desafio.

Sim, estamos falando do trekking para a base da montanha mais alta da Terra como um destino cultural. Sem dúvidas, o trajeto é um dos mais desafiadores do mundo, utilizando as mesmas trilhas que os nativos usavam há séculos atrás.

Mesmo com a aventura do trajeto, tanto em Kathmandu quanto nas vilas pelo caminho, a infinidade de templos e estupas justificam a espiritualidade da região. E finalmente, quando você chegar ao campo base do Everest, você vai entender que a própria montanha transborda dessa energia cultural. Uma viagem imperdível para os mais aventureiros! Quem sabe você não anima e volta numa próxima vez para ir até o cume?

campo base do evereste - nepal

 

  • Butão, Ásia. Para os casais que tem a cultura da felicidade.

Se você quiser ter um gostinho dessa mesma espiritualidade do Himalaia, mas não pretende ir (tão) alto, dê um passadinha lá pelo lado. O Butão é conhecida por sua “Cultura da Felicidade”, onde ninguém é analfabeto, e história, religião e arte exalam pelas cidades. Na capital Thimphu, museus, bibliotecas, memoriais e mercados de artesanato só não fascinam mais do que as escolas infantis de carpintaria, escultura, tecelagem e tudo mais que você puder imaginar. Por fim, tal como no caminho para o campo base, o Butão guarda uma série de templos, monastérios, e bandeirolas de oração que, se não te converterem ao budismo, pelo menos te farão entender a simplicidade, essa riqueza com a qual os butaneses vivem.

butão

 

VIAGEM PARA A FLORESTA
  • Trekking dos Gorilas, Ruanda, África. Para os casais ao estilo “Tanzan e Jane”

Ruanda carrega um dos genocídios mais tristes da história da humanidade. Por isso, é muito esperançoso pensar que longe de todos os conflitos humanos, vivem e resistem os raros gorilas da montanha. Após um trekking que pode levar até oito horas, a paisagem infindável de verdes florestas começa a dar espaço a relances de preto. E quando você menos esperar, voilà! Tire todas as fotos que puder, mas não se esqueça de curtir o momento. E mais: respeite a natureza e seja respeitado por ela. No final, quem sabe os gorilas não ensinem aos homens um pouco mais sobre a boa convivência?

trekking dos gorilas - ruanda

 

  • Juma Lodge, Amazônia, Brasil Para os casais que querem dar uma de bicho-preguiça.

Agora, se você quiser ter uma experiência na floresta, mas procura todo o conforto do mundo, os hotéis de selva são a melhor opção. Totalmente integrada, mas respeitando os limites da natureza, o Juma Lodge está em perfeita localização para desbravar a Amazônia. Lá, você terá a oportunidade de conhecer melhor os peixes da região, viver um dia como ribeirinho e até se aproximar dos jacarés selvagens. Experiências muito bem dosadas com noites de descanso em longas redes ou luxuosas camas.

Juma Lodge - Amazônia

 

VIAGEM PARA A PRAIA
  • Praia da Pipa, Rio Grande do Norte, Brasil. Para casais multiaventuras.

Se você acha que praia é só para ficar na rede com os pés para o alto, a Praia da Pipa está aí para te provar o contrário. É claro, dá para relaxar também, já que as águas do mar são claras e mornas, e a praia repleta de coqueirais e mirantes naturais. Mas fique avisado que você estaria perdendo muita coisa. Por exemplo, trilhas a pé, de 4×4 ou bike são o que não faltam. E os destinos finais são sempre lindas dunas, cascatas, lagoas e falésias, quando não um encontro com golfinhos, garças ou tartarugas marinhas. E o melhor: tudo com uma infraestrutura muito charmosa, confortável e ainda com ótimas opções de atividades radicais, como caiaque, surfe e snorkelling.

praia da pipa - rio grande do norte

 

  • Zanzibar, Tanzânia, África. Para casais que gostam de sombra e água de coco.

E se você também acha que na África as opções de turismo se restringem aos safáris ou destinos clássicos como Egito e Marrocos, conheça Zanzibar. Essa ilha da Tanzânia é um refúgio intocado de resorts luxuosos e muita tranquilidade. Lá você vai se encantar com o azul-turquesa do mar e com a paz que reina na atmosfera, ou melhor dizendo, o “Hakuna Matata” dos moradores locais. Falando em Rei Leão, alguns emendam a viagem para conhecer alguns safáris da parte continental do país. Mas se a ideia é ficar tranquilo no seu canto, a maior turbulência vai ser ouvir as histórias e, quem sabe até acordes, do mais ilustre cidadão zanzibense: Freddie Mercury.

Zanzibar - Tanzânia

 

VIAGENS PARA O DESERTO

 

  • Deserto de Atacama e Salar de Uyuni, Chile e Bolívia. Para casais que gostam de explorar lugares inóspitos.

Apesar de estarmos falando do deserto mais alto e seco do mundo (Atacama), e do maior deserto de sal do planeta (Uyuni), existe muito mais vida neles do que se aparenta. São montanhas, vulcões, dunas, lagoas, gêiseres, banhos termais, sítios arqueológicos, feiras de artesanato, flamingos vermelhos, cemitério de trens e… UFA! São tantas coisas que a gente quase acaba esquecendo da areia e do sal. Mentira, porque depois de uma aventura como essa, dificilmente essas paisagens sairão da sua cabeça. Na Pisa Trekking, diferente dos passeios bolivianos, o diferencial é que o trajeto de Uyuni é feito por equipes chilenas, com infraestrutura de alta qualidade. Serão experiências bastante diferentes de uma região já bem fora do comum.

deserto do atacama

 

  • Deserto de Wadi Rum, Jordânia, Oriente Médio. Para casais que não abrem mão do conforto.

Para você que já viu o glamour dos hotéis de caverna de Petra, saiba que as hospedagens no deserto da Jordânia também são bem equipados. Para fugir das variações de temperatura, Wadi Rum conta com um complexo de cápsulas com ar condicionado. Mas isso é só parte da viagem, já que não é qualquer dia que se tem a oportunidade de viajar por um cenário tão singular, e quase como um beduíno. Daí em diante, cada casal tem sua própria perspectiva do deserto. Os mais científicos dirão que a região lembra o solo marciano. Os historiadores e cinéfilos logo lembrarão do explorador Lawrence da Arábia. Muitos emendam uma passadinha pelo Mar Morto, pelas ruínas de Petra, mas quando se trata de Wadi Rum, todos terão pelo menos uma opinião em comum: a beleza inóspita do deserto.

 

Por isso, seja com o mapa na mão ou com ele longe da cabeça, que tal tomar aquela taça de vinho no último lugar do mundo que você imaginaria estar?

Seja de botas na trilha ou descalço na areia, a gente tem certeza que esse será o melhor de todos os dias dos namorados. Ou quem sabe, o começo de um? Nunca se sabe o que encontramos viajando, não é mesmo? E para se preocupar apenas com o que o coração mandar, a Pisa Trekking oferece roteiros de todos esses destinos e muito mais. Procure nossos consultores e marque sua próxima viagem!

 

Leia outras listas:

Deixe uma resposta