Pisa Trekking Aventura Levada a Sério

Pará - Descubra Belém, Ilha de Marajó c/ Sobrevoo na Pororoca

Cód.Roteiro:927

EXPERIÊNCIAS:

  • Patrimônios Culturais

    Patrimônios Culturais

  • |
7 DIAS E 6 NOITES

Nível de dificuldade:

Valor a partir de:

R$ 4.650,00

Terrestre

Belém, foi fundada pelos portugueses na foz do rio Amazonas, em seus quase 400 anos de história, teve sua arquitetura fortemente influenciada pela cultura europeia, chegando a ser conhecida como Paris n’América, no início do século XX. Recebia companhias de teatro e ópera, vindas diretamente da Europa para se apresentar para os barões da borracha. Atualmente, apesar de cosmopolita e moderna em vários aspectos, Belém não perdeu o ar tradicional das fachadas dos casarões, dos palacetes e das igrejas do período colonial. Encravada no meio da floresta amazônica, você irá se encantar, não só com a sua riqueza arquitetônica, mas com o seu povo, sua cultura e, principalmente, sua gastronomia, um interessante caldeirão de misturas étnicas de origem indígena, com sabores das culturas europeias e africanas.
 
Por sua vez, a Ilha do Marajó que é a maior ilha do Brasil e a maior fluvial marítima do planeta, do tamanho do Estado do Rio de Janeiro, pertence ao arquipélago que possui mais de duas mil ilhas, cercada pelo Oceano Atlântico e pelos Rios Amazonas e seus tributários. Guardiã do maior acervo de descobertas arqueológicas de toda a bacia amazônica, a ilha abriga resquícios da cultura indígena marajoara que desapareceu misteriosamente durante o período da colonização portuguesa. Marajó ainda é um destino exótico e autêntico, seus campos inundáveis, praias selvagens e manguezais o torna um lugar especial para quem gosta da natureza em seu estado natural.
 
O Fenômeno Pororoca
A pororoca é o Fenômeno que, no Brasil, ocorre na região Amazônica, principalmente na foz do seu grandioso e mais imponente rio, o Amazonas, e seus afluentes, é formado pela elevação súbita das águas do mar junto à foz, provocada pelo encontro das marés ou de correntes contrárias, como se estas encontrassem um obstáculo que impedisse seu percurso natural. Quando ultrapassa esse obstáculo, as águas correm rio a dentro com uma velocidade de até 30 km/h, chegando a uma altura de até 6 metros. O fenômeno que ocorre durante a mudança das fases da lua, principalmente nos equinócios, produz um barulho ensurdecedor que pode ser ouvido com até duas horas de antecedência da chegada da onda. Quando ela passa, formam-se ondas menores, que violentamente terminam nas margens do rio.

Sobre a Trilha

Atividades: Em Belém, caminhada urbana, caminhada de floresta, barco a motor, observação da vida selvagem. Em Marajó, caminhada, cavalgada, montaria em búfalos, barco a motor, observação da vida selvagem.
 
Nível de Conforto: (1) Nenhuma adaptação necessária.

Esforço físico: (2) Fácil a Moderada. É uma viagem fácil para qualquer pessoa, de qualquer idade e em boas condições de saúde. Embora as viagens não incluam longas caminhadas, os passageiros devem estar aptos a fazer embarque e desembarque em estruturas de acesso insipientes.

Impacto cultural: (3) É uma viagem que destaca com ênfase, os aspectos culturais e de natureza, com tempo para nadar, relaxar e explorar os lugares a pé.

Dia a Dia

03/04 - 1º Dia – ORIGEM / BELÉM

Chegada em Belém a qualquer hora do dia, seguida de traslado e check-in no hotel escolhido. Consulte passeios opcionais.
 
Pernoite em Pousada
Sem refeições inclusas


04/04 - 2º Dia – BELÉM / ILHA DE MARAJÓ

Após o café da manhã, traslado para a Ilha de Marajó às 07h, saindo dos hotéis em Belém para o Terminal Hidroviário de Belém, de onde partimos em direção à Ilha. O traslado fluvial no catamarã de linha, sua viagem durará cerca de 2h00 navegando pelo estuário do Rio Amazonas, atravessando a região insular de Belém, depois a Baía de Marajó, até a chegada em Soure onde ficaremos hospedados. Importante: o horário de chegada previsto é as 10:00, porém nosso check-in ocorre apenas às 13h00, por isso seu anfitrião estará pronto para antecipar algum passeio que estaria programado para o dia seguinte.
De tarde partimos com destino ao interior da Ilha, para visita aos campos de Marajó. Nosso objetivo é observar espécies da fauna marajoara como maguaris, garças brancas e azuis, guarás vermelhos, mergulhões, patos selvagens e muitos outros. Com um pouco de sorte poderemos avistar macacos guariba (ou bugio) e capivaras, muito comuns nessa região. Retornamos ao hotel após o pôr-do-sol.

Pernoite em Pousada
Café da manhã


05/04 - 3º Dia – ARTESANATO MARAJOARA / CAMINHADA COSTEIRA / CANOA A REMO / MONTARIA EM BÚFALOS

Após o café da manhã, partimos para conhecer o entorno da cidade e descobrir a Cerâmica Marajoara e os artefatos de couro de búfalo. Visitamos o Ateliê de Cerâmica Marajoara do Artesão Carlos Amaral, que reproduz peças baseadas na cultura Aruan, última etnia indígena a habitar Marajó; Visitamos também o Ateliê do Artesão Ronaldo Guedes, artista contemporâneo, que reproduz peças cerâmicas baseadas nas diversas etnias indígenas que habitaram Marajó, além de peças em madeira coletada nas praias e manguezais; Por fim, o Ateliê de Couro (e curtume), local de produção artesanal de artigos em couro, tradição transmitida por gerações, que ainda mantém características originais de produção. Almoço livre.  Assim que a maré permitir, deixamos a cidade e nos deslocamos até uma fazenda extrativista, onde viveremos uma experiência genuinamente marajoara descobrindo a Costa de Marajó. Um passeio de canoa a remo nos leva pelos igarapés que cruzam a floresta de igapó e manguezais, até praia Goiabal,uma belíssima praia deserta onde fazemos uma caminhada costeira até uma trilha formada por pontes rústicas, construídas sobre as raízes das árvores de mangues que formam a floresta, com árvores de até 30 metros de altura, até encontrarmos os búfalos, os maiores animais da ilha, que nos levam em montaria por um caminho preservado através dos campos, de volta a sede da fazenda. Retorno para Pousada e a noite teremos a apresentação de um grupo folclórico, apresentando o tradicional ritmo do carimbó, dança de origem indígena, que recebeu influências das culturas negra e portuguesa, presente na cultura marajoara desde o período colonial.

Pernoite em Pousada
Café da manhã


06/04 - 4º Dia – SOBREVOO NO FENÔMENO DA POROROCA

Após o café da manhã, check-out e partida para o aeroclube, em Soure, para embarque em avião monomotor com destino ao Município de Chaves, localizado a 250 km ao noroeste Marajó. Durante o percurso, de aproximadamente 1h30 sobrevoamos a região de campos, campos inundados, florestas e praias da Ilha de Marajó, chegando em seguida a região do Canal Perigoso, local onde ocorre a melhor pororoca da costa, entre as ilhas Caviana e Mexiana. Pousamos na pista de Chaves, ou de uma das fazendas da Ilha, que permitir melhor aproximação do fenômeno, enquanto aguardamos a hora exata para fazer o sobrevoo. Quando escutarmos o som magnífico da natureza, levantamos voo para um momento que ficará registrado para sempre na sua memória, para avistar do alto o fenômeno da Pororoca. Retorno para Belém após o sobrevoo.

Pernoite em Pousada
Café da manhã


07/04 - 5º Dia - DESCOBRINDO BELÉM

 Ás 08h30, após o café da manhã, começamos nosso passeio de dia inteiro por Belém com visita ao Mercado do Ver-o-Peso, onde chegam, de todas as partes do interior do Estado, produtos extraídos da floresta e dos rios da Amazônia, um grande mosaico de cores, aromas e sabores amazônicos, tão característicos do Pará. Continuamos em caminhada pela Cidade Velha, para conhecer um dos acervos históricos e arquitetônicos mais ricos do país, passando pelas estreitas ruas onde a cidade começou, até o Complexo Feliz Lusitânia, que abriga a Catedral da Sé, a Igreja de Santo Alexandre e Museu de Arte Sacra, Casa das Onze Janelas, Forte do Castelo e Museu do Encontro, espaço que abriga peças e objetos que remetem aos primeiros moradores da cidade, além de peças de cerâmica marajoara e tapajônica, encontradas em sítios arqueológicos no interior da Ilha de Marajó e Região do Tapajós. Continuando nosso passeio, nos deslocamos de carro até a Praça da República, para visita ao Theatro da Paz, um remanescente da época áurea do ciclo da borracha que durante boa parte do ano recebe companhias de ópera e peças de teatro do Brasil e do mundo. Do teatro, seguimos pela Av. Nazaré e Governador Magalhães Barata, de passagem pela Basílica de Nazaré – igreja que reproduz a Basílica de São Paulo, em Roma, construída em 1909 em homenagem à padroeira dos paraenses, que no mês de outubro percorrem as ruas de Belém na grande procissão do Círio de Nazaré – até o Parque da Residência, antigos jardins da residência oficial dos governadores do Pará e orquidário com espécies amazônicas. Paramos para almoço no Restô do Parque (almoço não incluso), se puder, resista à sobremesa e vá até a Sorveteria Vagão, instalada a poucos metros do restaurante numa composição restaurada da antiga Estrada de Ferro Belém-Bragança. O vagão é uma festa de delícias preparadas a partir de frutas típicas como cupuaçu, murici, graviola e taperebá: não falta nem o sorvete de tapioca. Logo ao lado, galpões de ferro da antiga Companhia de Gás do Pará se transformaram na Estação Gasômetro, um espaço para exposições e um teatro de 400 lugares.
Às 14h30, vai chover! Em Belém, todos os dias, a essa hora, chove! Então, antes das primeiras gotas, seguimos até o Parque Zoobotânico Emílio Goeldi. É um passeio memorável, depois da chuva, pelas alamedas e pontes, rodeadas por mais de 800 espécies de plantas nativas, desde as de grande porte como o cedro e a samaúma até as delicadas vitórias-régias. A fauna inclui, entre mais de 600 animais, o guará, o jacaré-açú e a ariranha, que parece posar para as fotos. O passeio continua em direção ao Mangaldas Garças, parque ecológico que resultou da revitalização de uma área de 40.000 m² na margem do rio Guamá e que reproduz num espaço naturalístico as diferentes macro-regiões da flora amazônica: as matas de terra firme, as matas de várzea e os campos. Abriga o Farol de Belém, Borboletário, Museu Amazônico e o Mirante do Rio.
Seguiremos, às 17h30, para aproveitar o fim de tarde na Estação das Docas – complexo cultural e de lazer instalado em galpões de ferro inglês do século 19, completamente restaurados, na margem da Baía do Guajará – a sugestão é você degustar cervejas artesanais com sabores regionais, na Amazon Beer, e, em seguida, jantar no restaurante regional Lá em Casa, famoso pela organização do Festival de Gastronomia “Ver-o-Peso da Cozinha Paraense”. Lá a sugestão é experimentar o “corridinho de peixe”, uma degustação dos melhores peixes da Amazônia, servido em duas partes e acompanhado de sorvete de cupuaçu de sobremesa.  Ás 20h00, nosso carro estará aguardando para leva-lo de volta ao seu hotel. Se desejar permanecer mais tempo no local, recomendamos retornar ao hotel utilizando o serviço de taxis credenciados da própria Estação das Docas.
 
Pernoite em Pousada
Café da manhã


08/04 - 6º Dia - DIA LIVRE EM BELÉM

Após o café da manhã, dia livre para explorar temas do seu interesse ou para passeios opcionais. 

Pernoite em Pousada
Café da manhã



09/04 - 7º Dia - BELÉM / ORIGEM

Após o café da manhã, período livre para se despedir de Belém. Check-out no hotel ao meio dia e traslado do hotel para o Aeroporto Internacional de Belém, seguido de embarque com destino à sua cidade de origem.

Sem pernoite
Café da manhã
 

***A programação acima poderá sofrer modificações devido a fatores climáticos, de acesso ou que possam interferir na segurança dos participantes.


Datas e Preços

VALOR POR PESSOA - SOMENTE TERRESTRE - VALORES EM R$

Local

Hospedagem

SGL

DBL

Ilha de Marajó
Belém

Paracauary Eco Pousada
Hotel Soft Inn Batista Campos

8.290

4.650

Ilha de Marajó
Belém

Hotel Casarão da Amazônia
Hotel Soft Inn Batista Campos

8.490

4.920

Valores válidos para a saída especial de 03/04. Consulte valores para saídas privativas.

ADICIONAL AÉREO - SÃO PAULO X BELÉM X SÃO PAULO - VALORES EM R$

Cia Aérea

Valor a partir de

Tam / Gol / Azul

500

Informações gerais:
* O roteiro está sujeito a confirmação quanto à disponibilidade de vagas de todos os serviços locais e poderá sofrer reajustes de valores na parte aérea ou terrestre. Confirmar o valor do pacote com seu agente de viagens.
* A programação acima poderá sofrer modificações devido a fatores climáticos, de acesso ou que possam interferir na segurança dos participantes.
* Os valores citados nas tabelas acima estão sujeitos a alterações e disponibilidade no ato da reserva.
* Consulte-nos para outras opções de hospedagens.
* Menores desacompanhados terão que apresentar carta dos pais feita em próprio punho e com firma reconhecida em cartório.
* As tarifas das Cias. Aéreas estão sujeitas a constantes mudanças, por ser essa uma estratégia do mercado. Certifique-se no dia do pagamento do seu pacote, se a tarifa informada pode ser confirmada. Somente a emissão do bilhete, garante a tarifa.
 
Formas de pagamento:
 
Cheque
6 x sem juros em cheques pré datados.
5 x sem juros até 30 dias antes do embarque.
(30% na 1a. parcela e o restante em parcelas de igual valor).
* Aceitamos somente cheque do próprio viajante.
 
Cartão
Visa, America Express e Mastercard - Entrada + 3 x sem juros.
(Entrada de 30% em cheque ou depósito e o restante em até 3 x iguais no cartão).
 
*** para clientes estrangeiros, consultar condições de pagamento.
*** for foreign clients consult payment rules.
 
Condições de Cancelamento:
Em caso de cancelamento por iniciativa do passageiro, de acordo com a deliberação normativa nº 161 de 09 de agosto de 1985 da EMBRATUR, a Pisa Trekking fará devolução conforme condições abaixo: 
 
Parte Terrestre 
Cancelamento até 30 dias do início da viagem: 90% do valor total
Cancelamento entre 29 e 21 dias do início da viagem: 80% do valor total
Cancelamento entre 20 e 7 dias do início da viagem: 50% do valor total
Cancelamento a menos de 7 dias do início da viagem: Sem devolução
 
Para a parte aérea 
As multas e encargos são variáveis e são estabelecidos pela companhia aérea de acordo com a classe da tarifa aérea emitida. Favor verificar com seu consultor de viagem a respeito das penalidades ou qualquer alteração aplicada pela cia aérea. 

O que está Incluso

Inclui
- Traslados terrestres de chegada e saída em Belém;
- Traslados fluvias de Belém para Marajó;
- Passeio com sobrevoo da Pororoca, com fretamento aéreo;
- 4 noites de hospedagem em Belém, no hotel Soft Inn Batista Campos, em regime de café da manhã; 
- 2 noites de hospedagem na Ilha de Marajó, no hotel escolhido, em regime de café da manhã.
- Todos os passeios descritos na programação, ingressos e taxas onde houver cobrança;
- Guia local falando português/inglês;
- Seguro Viagem
- Brinde Especial Pisa Trekking

Não Inclui
- Passagem aérea
- Bebidas
- Despesas de ordem pessoal
- Itens não mencionados no roteiro
- Taxas e impostos não governamentais 

Checklist

- Agasalho
- Artigos de higiene pessoal
- Boné/Chapéu
- Capa de chuva – Anorak
- Máquina fotográfica
- Medicamentos de uso pessoal
- Mochila pequena
- Protetor solar
- Repelente
- Roupa de banho
- Roupas leves
- Squeeze
- Tênis
- Toalha pequena para os passeios

Informações Importantes

Transporte
Os traslados e passeios terrestres são realizados em automóveis executivos, station wagons 4x4, vans ou minivans privativas, climatizadas, de acordo com o tamanho do grupo, mas respeitando a 75% de ocupação do veículo. Os traslados fluviais para a comunidade são feitos em barcos regionais, do tipo po-po-pô, da própria comunidade, que eventualmente pode ser substituídos por embarcações mais rápidas ou confortáveis de acordo com o tamanho do grupo. Qualquer alteração de transporte é uma decisão logística da Rumo Norte Expedições, que considera sempre as melhores condições de deslocamento para os seus viajantes.
 
O que trazer
Você estará se movimentando muito, desse modo nossa sugestão é ter sua bagagem mais leve possível, devidamente etiquetada e restrita a um (1) volume compacto de material resistente, ou mochila de viagem, pesando no máximo 20kg. Esteja preparado para carregar sua própria bagagem.
Traga também uma mochila pequena, para levar sua água e demais equipamentos; capa de chuva e/ou guarda-chuva, chapéu ou boné, óculos de sol, roupas leves, preferencialmente de material sintético, para caminhadas, ciclismo e atividades de água; roupas de banho, tênis confortável para caminhada e calçado para atividades de água; protetor solar; repelente contra insetos; seus medicamentos habituais, câmera fotográfica, binóculos.
 
Informações adicionais
A vacina contra febre amarela é recomendada, pois apesar de controlada – no Estado do Pará são menos de 10 casos por ano, é endêmica da região amazônica. A vacina leva 10 dias para fazer efeito, portanto você deverá tomá-la no mínimo dez dias antes do início da sua viagem. Você estará imune por um período de 10 anos. Viajantes individuais: Informamos que as acomodações individuais podem estar indisponíveis para esta viagem ou ter um número limitado de espaços, consulte seu agente para mais informações.
 

Hotelaria

Acomodações

Belém conta com uma rede de hotéis variada, capaz de satisfazer a todos os perfis de viajantes. Por esse motivo escolhemos vários meios de hospedagem para acomodar nossos viajantes e proporcionar agradáveis experiências durante sua permanência em Belém, porém, é importante ressaltar, que eles possuem perfis bastante diferentes entre si. Assegure-se de escolher aquele tenha mais relação com o seu perfil.

Em Marajó, escolhemos dois meios de hospedagem para acomodar nossos clientes e proporcionar agradáveis experiências durante sua permanência em Marajó, porém, é importante ressaltar, que eles possuem perfis bastante diferentes entre si. O Hotel Casarão da Amazônia, possui mais conforto e serviços, além de ser um dos melhores e mais charmosos meios de hospedagem da ilha. A Paracauary Eco Pousada, mais rústica e mais conectada com a natureza, além de uma das melhores localizações em termos de ambiente. Assegure-se de escolher aquela tenha mais relação com o seu perfil. Uma dica, se você é mais exigente e precisa de alguns confortos da cidade como celular, WI-FI e TV no quarto, não hesite em escolher o Hotel Casarão da Amazônia, mas se você gosta de experiências mais rústicas, desconectar-se do mundo e pôr os pés no chão, sua melhor escolha certamente será a Paracauary Eco Pousada.
 
POUSADAS EM MARAJÓ

Paracauary Eco Pousada: Pousada simples com apenas oito apartamentos equipados com ar condicionado, camas king size, frigobar e banheiros privativos com água quente e fria. A pousada também oferece uma pequena piscina, salão de café sobre o rio, sala de TV e trapiche para pequenas embarcações. Não possui TV nos quartos, nem WI-FI, e possivelmente seu celular ficará fora da área de cobertura. Em compensação, a pousada oferece uma área verde com 80.000 m², localização privilegiada, atendimento personalizado do casal proprietário, ambiente simples e aconchegante na margem do rio Paracauary. Está localizada no entorno da Reserva Extrativista Marinha de Soure. É ideal para quem quer se desconectar do mundo lá fora, com o mínimo de conforto.
 
Hotel Casarão da AmazôniaO casarão colonial construído em 1896, que já serviu de inspiração para escritores e artistas, passou por uma completa restauração em 2007 e se transformou em um charmoso e confortável hotel que oferece conforto e equipamentos superiores aos outros hotéis da ilha. Seus 10 apartamentos estão divididos entre a casa colonial e os chalés, todos equipados com ar-condicionado, TV, frigobar, ducha quente e fria, decorados com peças de arte marajoara. Piscina com hidro massagem, jardim, pomar, restaurante e pizzaria de forno a lenha complementam os equipamentos colocados à disposição de seu staff sempre atento para tornar estadia dos seus hóspedes a mais agradável possível.