Pisa Trekking Aventura Levada a Sério

(11) 5053-5480 • (11) 98799-8067

Receba nossos Informativos

Reserve Agora

Voltar

França - Trekking Tour du Mont Blanc com Jean Claude Razel

Cód.Roteiro:409

Convidar Amigo Imprimir

EXPERIÊNCIAS:

  • Trekking

    Trekking

  • |
  • Grandes Expedições

    Grandes Expedições

  • |
  • Viagens em Grupo

    Viagens em Grupo

  • |
11 DIAS E 10 NOITES

Nível de dificuldade:

- Radical -
Valor a partir de:

Sob consulta

Terrestre

Gostou do Roteiro?
Solicite a sua Pré-reserva!

Solicitar

O Tour do Mont Blanc, também conhecido como TMB, é um trekking de referência no mundo, que deve estar na lista de todos os amantes de montanha e caminhada. A travessia passa por 3 países (França, Itália e Suíça) e o campo-base do trekking é a charmosa Chamonix, capital mundial da vida ao ar livre. O trekking acontece em terreno alpino sem dificuldades técnicas, mas é reservado para quem tem experiência com longas caminhadas. São em média 6 horas de caminhada e aproximadamente 1.000m de subida e 1.000m de descida todos os dias. Nesta opção, para aproveitar melhor o trekking e as fascinantes paisagens durante todo o percurso, as bagagens são transportadas para cada refúgio por veículo fretado e alguns trechos de asfalto serão efetuados com traslados em vans.

Pontos de Interesse

- Condução do experiente guia franco-brasileiro Jean Claude Razel, que é local de Chamonix e conhece profundamente a cultura e história da região;
- Carregue apenas uma mochila de ataque e aproveite melhor a caminhada e os incríveis visuais das montanhas ao redor;
- Conheça o melhor do TMB desses três países, França, Itália e Suíça numa só viagem;
- Deliciosos lanches de trilha feitos somente com produtos locais;
- Conhecer a charmosa Chamonix, a cidade que respira aventura! 

Sobre a Trilha

O TMB é um trekking que exige um bom preparo físico. Experiência de caminhada de longo curso é altamente recomendável. As trilhas são bastante irregulares, com pedras soltas, às vezes com neve, com subidas e descidas muito íngremes. Uma boa preparação é essencial antes da viagem: foco em exercícios aeróbicos e de fortalecimento muscular nos meses anteriores da saída são fundamentais. 

Dia a Dia

1° Dia - CHEGADA EM GENEBRA / CHAMONIX

Chegada no aeroporto de Genebra e traslado regular de, aproximadamente, 1 hora e meia, em qualquer horário para Chamonix. Check-in na hospedagem escolhida e restante do dia livre.
 
Sem refeições inclusas;
Pernoite em Chamonix.


2° Dia - CHAMONIX

Hoje faremos um breve city tour para reconhecimento da charmosa Chamonix. Também sugerimos a imperdível subida de teleférico até a Aiguille du Midi (3.846m) - opcional, não incluso. No fim do dia, briefing sobre o trekking com verificação do equipamento de todos. 
 
Café da manhã e jantar;
Pernoite em Chamonix.


3° Dia - CHAMONIX

Hoje sairemos caminhando do chalé para fazer uma das inúmeras trilhas que temos na região, com a intenção de verificar equipamentos e preparar todos para a expedição (possível utilização de teleférico ou trem - não inclusos). Tarde livre para atividades opcionais. Recomendamos um voo duplo de parapente (não incluso).
 
Café da manhã;
Pernoite em Chamonix.


4° Dia - CONTAMINES / COL DU BONHOMME / BEAUFORTIN / VALE DU CHAPIEUX

Após o café da manhã, faremos um traslado de van com duração de 1h até Notre Dame de la Gorge (1.167m), com sua linda igreja de arquitetura típica. Aqui iniciaremos o Tour du Mont Blanc por uma subida agradável pela via romana e, em seguida, bem íngreme até Plan des Dames e o col du Bonhomme (2.329m). Atravessaremos em direção do col de la Croix du Bonhomme (2.439m) por um belo caminho com vista para o Maciço de Beaufortin. Desceremos até o Vale du Chapieux (1.549m) e pernoitaremos no abrigo La Nova.
 
Tempo de trekking: 7h
Subida acumulada: 1.300m
Descida acumulada: 900m
 
Café da manhã, piquenique e jantar;
Pernoite em refúgio de montanha.


5° Dia - COL DE LA SEIGNE / CHÉCROUIT

Após café da manhã, traslado de, aproximadamente, 15 minutos de Chapieux até ville des Glaciers (1.789m) para uma visita à fábrica de queijos Beaufort. Em seguida, subiremos até col de la Seigne (2.516m), fronteira com a Itália, com panorama da elegante Aiguille des Glaciers. Visitaremos de um centro de interpretação ambiental, na descida para o lago Combal (1.970m). Teremos uma curta subida até o belvedere do Chécrouit, com uma fabulosa vista da face sul do Mont Blanc. Pernoitaremos no refúgio Maison Vieille (1.956m).
 
Tempo de trekking: 6h
Subida acumulada: 800m
Descida acumulada: 700m
 
Café da manhã, piquenique e jantar;
Pernoite em refúgio de montanha.


6° Dia - VAL VENY / COURMAYEUR

Nesse dia levaremos pertences para 2 dias de caminhada, já que a noite não encontraremos o carro de apoio. Desceremos para Courmayeur (1.200m), a Chamonix italiana. Visitaremos o charmoso vilarejo, almoçaremos na cidade (não incluso) e subiremos de tarde até o refúgio Bertone por uma linda trilha na floresta de pinheiros. Pernoitaremos no refúgio Bertone (2.200m), encantador povoado alpino com casinhas de pedras em frente ao Mont Blanc.
 
Tempo de trekking: 5h
Subida acumulada: 1.000m
Descida acumulada: 800m
 
Café da manhã e jantar;
Pernoite em refúgio de montanha.


7° Dia - COL SAPIN / GRAND COL FERRET / VAL FERRET / LA FOULY

Sairemos bem cedo do refúgio Bertone com um inesquecível nascer do sol no Mont Blanc. Em seguida, a trilha que seguiremos acompanhará a aresta defronte a toda cadeia do Mont Blanc até o col Sapin (2.436m). Na sequência, desceremos até Planpincieux (1.642m) e faremos um transfer de van de 20 minutos para Arnuva (1.769m). Entraremos, então, na Suíça, pelo Grand col Ferret (2.537m). Desceremos por um lindo e longo trecho para chegar no pequeno vilarejo de la Fouly (1.400m). Terminaremos nosso dia com um transfer para Champex.
 
Tempo de trekking: 7h
Subida acumulada: 800m
Descida acumulada: 1.700m
 
Café da manhã, piquenique e jantar;
Pernoite em refúgio de montanha.


8º Dia - CHAMPEX / TRIENT

Hoje nosso dia será mais leve. Passaremos por Bovine com um visual sobre o vale de Marigny. Pernoitaremos em Trient (1.516m).
 
Tempo de trekking: 6h
Subida acumulada: 600m
Descida acumulada: 600m
 
Café da manhã, piquenique e jantar;
Pernoite em refúgio de montanha.


9º Dia - COL DE BALME / CHAMONIX

Hoje é nosso último dia de trekking. Subiremos para o col de Balme (2.100m) por uma linda floresta e, assim, voltaremos para a França e para o vale de Chamonix! Desceremos para Le Tour (1.417m) pela Aiguilette des Posettes, com uma imponente vista dos glaciares do Tour e de Argentière. No final do dia, transfer até o Chalet Alaya ou Hotel Aiguille du Midi.
 
Tempo de trekking: 6h
Subida acumulada: 700m
Descida acumulada: 800m
 
Café da manhã, piquenique e jantar;
Pernoite em Chamonix.


10° Dia - DIA EXTRA OU DIA LIVRE

Dia extra em caso de tempo ruim no trekking ou dia livre em Chamonix.
 
Café da manhã e jantar;
Pernoite em Chamonix.


11º Dia - CHAMONIX / GENEBRA / ORIGEM

Após o café da manhã, traslado para Genebra e embarque para a cidade de origem.
 
Café da manhã;
Sem pernoite incluso.
 
A programação acima poderá sofrer modificações devido a fatores climáticos, de acesso ou que possam interferir na segurança dos participantes.


O que está Incluso

Inclui
- Traslado compartilhado Genebra / Chamonix / Genebra;
- 5 pernoites em Chamonix no Chalet Alaya ou Hotel Aiguille du Midi, com café da manhã;
- 2 jantares com vinho francês;
- City tour em Chamonix;
- 7 dias de trekking no TMB com todos transfers (van ou teleférico), hospedagem em refúgios com quartos coletivos unissex, café da manhã, piquenique e jantar (bebidas não inclusas);
- Brindes especiais Pisa Trekking.
 
Não inclui
- Voos internacionais;
- Taxas de embarque;
- Seguro viagem - recomendamos o World Nomads - www.worldnomads.com.br;
- Vistos ou gorjetas;
- Qualquer item não citado acima.

O que levar

- Mochila ou marinheira 50 a 60 litros (com pertences pessoais usado nos traslados de abrigo em abrigo - máximo 10kg);
- Mochila de ataque 30 a 40 litros (7kg é o peso ideal para caminhadas);
- Headlamp (lanterna de cabeça c/ pilhas novas e reservas);
- Squeeze ou bolsa de hidratação de 1,5L;
- Jaqueta/anorak/poncho impermeável;
- Bota ou tênis de caminhada de cano alto com solado aderente, já amaciada e, preferencialmente, impermeável;
- 3 meias de preferência de “cool max” e uma de algodão para dormir;
- Segunda pele (calça e blusa);
- 1 calça para trekking;
- 3 camisetas de “dry fit” de manga longa e uma de algodão;
- 2 agasalhos tipo fleece ou polar;
- 1 gorro ou balaclava e boné ou chapéu;
- 1 par de luvas leves;
- Óculos para sol;
- Medicamentos particulares para enjoo, dor de cabeça, dor muscular, diarreia, purificador de água e outros medicamentos de uso pessoal;
- Filtro solar para rosto e lábios;
- 1 toalha pequena;
- Snacks e alimentos energéticos em barra e gel;
- Câmera fotográfica com capa de proteção e bateria extra;
- Canivete;
- Capa de mochila;
- Bastões de caminhada (para quem já está acostumado a usar).
 
Obs.: é possível deixar uma mala no chalet ou no hotel durante o trekking.

Informações Importantes

Pernoite: em chalé de luxo em Chamonix ou no Hotel Aiguille du Midi na chegada e na saída e em refúgios (dormitórios unissex) durante o trekking. O refúgio está equipado com edredom e cobertor, portanto não é necessário levar saco de dormir. Recomendamos comprar um lençol em forma de saco de dormir para maior higiene.
Refeições durante o trekking: cafés e jantares nos refúgios (bebidas não inclusas). Todos contribuem em carregar o piquenique coletivo distribuído pela manhã pelo guia.
Refeições em Chamonix: café da manhã incluso e 4 jantares no Chalet Alaya, sendo 1 raclette e 1 degustação de queijo e vinho. Almoço por conta própria na cidade, onde temos inúmeras opções, desde sanduíches até restaurantes gastronômicos (refeições completas a partir de, aproximadamente 20 euros).
Meteorologia: o clima é alpino com potenciais mudanças muito bruscas. No geral, a temperatura é amena, por ser verão. Mas, na montanha, pode ser frio, pode até nevar, portanto é essencial levar roupas quentes e também impermeáveis (ver lista de material). 
Documentos: passaporte e seguro viagem obrigatórios.
Dinheiro: o euro é aceito em todo lugar. Cartão de crédito, na maioria dos locais. Separar uma pequena quantia em dinheiro para um drink merecido na chegada nos refúgios.

Guias da Trilha

  • Jean-Claude Razel

    Alpinista francês de Chamonix, Jean-Claude escolheu o Brasil em 1997 para lançar várias novas atividades no país como: arvorismo, circuito de tirolesas e Kayak-Rafting. Lidera expedições e treinamentos empresariais a base de atividades ao ar livre. Foi Presidente da ABETA (2008-2012) e manager da seleção brasileira bi-campeã mundial de Rafting (2007; 2009).

Depoimentos

  • Laura e Pedro Amaral
    Tainah, boa tarde! 
    Foi MARAVILHOSA a viagem! Amamos. 
    Ficar na casa do Jean-Claude realmente nos fez sentir como numa casa em Chamonix, super bem localizada e ele muito atencioso e as comidas e bebidas ótimas!
    E a caminhada foi demais! Lindo, até a chuva valeu a pena em um dia para nos sentirmos corajosos. Os piqueniques preparados por ele são um ponto forte!
    Fizemos amigos no grupo e esperamos reencontrá-los.
    Obrigada!
    Abraços,
    Laura
    (Pedro: Uma das melhores viagens que já fiz! Além do visual incrível da região, estar com um guia como o...
    + Leia Mais
  • Anna Terezinha Caruso
    Oi Tainah! 
    Nossa, a viagem foi ótima!! Lugar maravilhoso, grupo muito bom e os guias também! Achamos o Jean-Claude fantástico, como guia e como pessoa. Dá vontade de voltar!
    A Pisa Trekking superou minhas expectativas. Ótimo atendimento do início ao fim, ótimos guias e também ótimo roteiro. Faria o Tour Mont Blanc novamente, pois os lugares são maravilhosos e a paisagem é de tirar o fôlego! Eu recomendo!!
  • Kiyoharu Miike
    Paulo,
     
    O TMB é simplesmente fantástico para quem gosta de natureza, a dificuldade é grande mas as paisagens são demais.
     
    Quero aqui registrar o meu agradecimento ao Jean Claude, pelo seu profissionalismo, cuidado e bom planejamento para aproveitar bem o tempo que neste ano foi excepcional.
     
    Comparando TMB com o circuito W em Torres del Paine ou a trilha Salkantay, a minha opinião é que a dificuldade do TMB está 1 ponto acima da escala.
     
    Quanto ao cenário, as vistas das montanhas, vales, geleiras, picos...
    + Leia Mais

VOCÊ TAMBÉM VAI CURTIR