Pisa Trekking Aventura Levada a Sério

(11) 5053-5480 • (11) 94000-6735

Receba nossos Informativos

Reserve Agora

Voltar

Parque Nacional da Serra da Capivara e Serra das Confusões

Cód.Roteiro:958

Convidar Amigo Imprimir

EXPERIÊNCIAS:

  • Patrimônios Culturais

    Patrimônios Culturais

  • |
  • Parques Nacionais

    Parques Nacionais

  • |
7 DIAS E 6 NOITES

Nível de dificuldade:

- Moderado -
Valor a partir de:

R$ 3.990,00

Terrestre

Gostou do Roteiro?
Solicite a sua Pré-reserva!

Solicitar

O Parque Nacional Serra da Capivara foi criado no dia 5 de junho de 1979 como resultado de um conjunto de trabalhos científicos liderados por pesquisadores do Brasil e do exterior que descobriram na região o maior conjunto de sítios pré-históricos do Brasil. Na época de sua criação, ele foi a primeira reserva federal a preservar o ambiente da caatinga com toda a sua biodiversidade.
 
Atualmente, o Parque Nacional Serra da Capivara é considerado Patrimônio Cultural da Humanidade, título conferido pela Unesco em 1991, graças às centenas de sítios arqueológicos com pinturas e gravuras pré-históricas que contam detalhes da vida das antigas sociedades que ocuparam a região durante muitos milênios.
 
No Parque encontra-se a maior concentração de sítios arqueológicos atualmente conhecida nas Américas, com mais de mil sítios cadastrados. Nos abrigos, além das manifestações gráficas, encontram-se vários vestígios da presença do homem pré-histórico, com datações mais antigas conhecidas no continente americano. A região abriga 173 sítios arqueológicos abertos à visitação.
 
Para quem gosta da natureza, o Parque protege uma parte da vegetação da caatinga onde se pode observar suas diversas variações. No período das chuvas pode-se apreciar a floração das plantas da Caatinga. Nos boqueirões, locais onde há concentração de maior umidade, as árvores são mais altas e perenifólias, predominando algumas espécies típicas, como a gameleira. Jardins rupestres, formados por cactáceas e bromeliáceas são comuns sobre as formações rochosas. A fauna também é variada, com presença de tatus verdadeiros, tatus bola, tamanduás, jaguaratiricas, jacus, cotias, veados-catingueiros, porcos-do mato, macacos-prego e até onças, além de variada avifauna, lagartos e serpentes. Alguns desses animais são facilmente visualizados. A paisagem geológica do Parque também merece destaque, com presença de formações areníticas, cânions ruiniformes, e boqueirões, formando lindas vistas panorâmicas. Por sua importância e singularidade geomorfológica, a região está sendo cotada para receber o título de Geoparque.
 
Localizado em uma grande chapada do sertão piauiense, três vezes maior que a cidade de São Paulo, o Parque Nacional da Serra das Confusões parece não ter fim. Quanto mais se desbrava sua caatinga arbórea, seus cânions, cavernas e serras, mais nos deparamos com novas riquezas naturais e arqueológicas que despertam a atenção de pesquisadores. O nome tem razão de ser: as montanhas rochosas refletem cores de vários tons, desnorteando quem as observa de longe. Ainda selvagem, o parque foi criado em 1998, para proteger um território de 502.411 hectares ampliados recentemente para 834.000 mil hectares que abriga sítios pré-históricos pouco conhecidos, dispersos entre rochedos e extensões de caatinga. Nesse cenário, convivem animais como o tamanduá-bandeira, a onça-parda e a onça-pintada, além do maior morcego das Américas, da espécie Vampyrum spectrum, cujas asas chegam a ter 1 metro de envergadura. A gruta do riacho dos Bois, uma fenda com 3 quilômetros de extensão, é a maior atração do parque.

Pontos de Interesse

- Conhecer a maior concentração de arte pré-histórica ao ar livre do planeta, em exposição em um parque nacional com organização impecável. Compara-se esta jóia às Linhas de Nazcas, Pirâmides do Egito e até à Petra;
- Visitar uma fábrica de cerâmica, uma das jóias da comunidade local e responsável por mostrar para o mundo, por meio de cópias, as pinturas rupestres da Serra da Capivara;
- Visitar o Museu do Homem Americano e diversos sítios arqueológicos;
- Caminhar por trilhas e cavernas para explorar as diversas pinturas rupestres da Serra da Capivara;
- Conhecer pessoas e comunidades locais, afim de saber sobre sua história e costumes;
- Conhecer o maior maçico montanhoso da caatinga nordestina;
- Ajudar a fomentar o turismo no Parque Nacional da Serra das Confusões;
- Explorar dois parques nacionais na mesma viagem;
- Avistar paisagens completamente diferentes de tudo o que você já viu.

Dia a Dia

1º Dia - ORIGEM / PETROLINA / SÃO RAIMUNDO NONATO

Hoje embarcaremos em voo com destino ao aeroporto Senator Nilo Coelho, em Petronila (PE). Em seguida, faremos um traslado com duração aproximada de 5h de viagem até São Raimundo Nonato, onde pernoitaremos. Recomendamos voos chegando até as 15h.
 
Sem refeições inclusas;
Pernoite em hotel.


2º Dia - DESFILADEIRO DA CAPIVARA / FÁBRICA DE CERÂMICA / MUSEU DA NATUREZA / SÍTIO DO MEIO

Após o café da manhã, sairemos para nosso primeiro dia de passeio. Faremos uma viagem de 42km até o circuito do desfiladeiro da Capivara. Este foi o primeiro local visitado pela Dra. Niède Guidon, renomada arqueóloga brasileira, ao chegar na região. Nesse circuito visitaremos vários sítios arqueológicos, onde poderemos observar pinturas rupestres. Iniciaremos o passeio pela “Toca da Entrada do Pajaú”, pequeno abrigo com dezenas de pinturas datadas de 12.000 anos que retratam o cotidiano dos povos que viveram nessa região. Seguiremos pela “Toca do Inferno”, onde o atrativo é a beleza natural do local, e visitaremos também a “Toca do Barro”, abrigo formado por um paredão de conglomerados de pedras, onde observaremos algumas pinturas. Em seguida, percorreremos uma trilha de, aproximadamente, 2km, com desnível de até 50 metros. Passaremos pela “Toca da Entrada do Baixão da Vaca”, abrigo com 100m de comprimento, onde se encontra 749 pinturas rupestres, a maioria delas bem visíveis, pela “Toca dos Veadinhos Azuis” e pela “Toca do Paraguaio”, primeiro sítio a ser catalogado pelos pesquisadores, onde, após uma escavação, foram encontrados dois esqueletos com datação de 7.000 e 8.670 anos. Seguiremos, então, para o povoado Barreirinho, onde almoçaremos. Após a pausa para o almoço, seguiremos para o Museu da Natureza, museu este que conta a história da natureza da região, por meio das mudanças climáticas, desde o surgimento do universo até o estágio atual. No meio da tarde, visitaremos a Fábrica de Cerâmica Serra da Capivara e, em seguida, o circuito do Sitio do Meio, grande abrigo sobre rocha, onde durante as escavações foram encontrados uma machadinha de pedra polida que data de 9.200 anos e uma cerâmica que data 8.960 anos. Terminaremos nosso dia percorrendo uma trilha para conhecer a "Toca do Pedro Rodrigues" e uma vista panorâmica da região belíssima.
 
Café da manhã e lanche de trilha ou almoço inclusos;
Pernoite em hotel.


3º Dia - GROTÃO DA ESPERANÇA / CALDEIRÃO DO RODRIGUES / MUSEU DO HOMEM AMERICANO

Após o café da manhã, faremos um deslocamento de 35km até o inicio da trilha. Nesta manhã, percorreremos 9km com desnível de até 170m. Passaremos por pequenos sítios arqueológicos até chegar ao Grotão da Esperança, onde teremos uma vista panorâmica da região. Em seguida, caminharemos até o Circuito do Caldeirão do Rodrigues, onde visitaremos alguns sítios, entre eles a “Toca do Caldeirão dos Rodrigues”, um dos principais sítios do Parque, onde você pode observar um conjunto de pinturas belíssimas e bem visíveis. Neste abrigo foi realizado uma escavação onde encontraram fogueiras que datam de 18.000 anos. Faremos uma parada para o almoço na comunidade Sitio do Mocó, em um restaurante com comidas típicas do local. Na parte da tarde, visitaremos o Museu do Homem Americano que mostra em seu acervo, as mais recentes pesquisas da arqueologia na região.
 
Café da manhã e lanche de trilha ou almoço inclusos;
Pernoite em hotel.


4º Dia - SERRA BRANCA / CIRCUITO DO PARNA / BAIXÃO DAS ANDORINHAS

Após o café da manhã, faremos um deslocamento de 50km até o início da trilha, onde conheceremos o olho d’água da Serra Branca, única fonte de água para as pessoas que ocupavam aquela região antes da criação do Parque. Em seguida, visitaremos sítios históricos e locais onde os maniçobeiros - povos que extraíam um látex da maniçoba, a qual era a importante fonte de renda - viveram. Faremos uma parada para o lanche de trilha e seguiremos até o Circuito do Parna, local onde se encontram alguns sítios com várias pinturas rupestres retratando o cotidiano do povo que ali viveu. No final da tarde, visitaremos o Baixão das Andorinhas e contemplaremos uma bela vista de um cânion, com possibilidade de presenciar uma revoada das andorinhas.
 
Café da manhã e lanche de trilha ou almoço inclusos;
Pernoite em hotel.


5º Dia - PARQUE NACIONAL DA SERRA DAS CONFUSÕES / CIRCUITO DA GRUTA DO RIACHO DOS BOIS

Após o café da manhã, faremos um deslocamento de 100km até a cidade de Caracol (entrada do parque), com previsão de 1 hora e 20 minutos de viagem. Iniciaremos nossa visita ao parque com uma vista panorâmica maravilhosa conhecida como Janela do Sertão. Seguiremos por 2 km para a Gruta do Riacho dos Bois, uma fenda de formação de arenito com mais de 1km de comprimento. Faremos uma trilha de 6km para conhecer um olho d'água da região e entender sua importância para os moradores locais. Pausa para o lanche de trilha e retorno para São Raimundo Nonato.
 
Café da manhã e lanche de trilha inclusos;
Pernoite em hotel.


6º Dia - TRILHA HOMBU / BOQUEIRÃO DA PEDRA FURADA

Após o café da manhã, faremos um deslocamento de 30km até chegarmos à Trilha Hombu. Visitaremos a casa do Neco Coelho: casa de uma das primeiras famílias a chegar na região, onde conheceremos o seu neto, o Sr. Nivaldo, que foi o primeiro guia mateiro dos pesquisadores. Em seguida, percorreremos uma trilha de, aproximadamente, 3km, passando por sítios arqueológicos e vistas panorâmicas, onde vamos observar a vegetação local. Faremos uma parada para o almoço na comunidade Sitio do Mocó, em um restaurante com comidas típicas do local. Após o almoço, conheceremos o local mais visitado do parque em uma trilha de 4km: o Boqueirão da Pedra Furada, onde encontram-se alguns sítios arqueológicos e a famosa Pedra Furada (monumento geológico e cartão postal do Parque). Ao final da tarde, aguardaremos a chegada da noite no centro de visitantes e seguiremos por uma visita noturna ao Sitio “Toca do Boqueirão da Pedra Furada”, um paredão com mais de mil pinturas, onde foi encontrado o vestígio mais antigo da presença do homem no continente americano até hoje (50.000 anos). 
 
Café da manhã e lanche de trilha ou almoço incluso;
Pernoite em hotel.


7º Dia - SÃO RAIMUNDO NONATO / PETROLINA / ORIGEM

Hoje nos despediremos da Serra da Capicara e retornaremos à nossa cidade de origem. Após o café da manhã, faremos o traslado de São Raimundo Nonato até Petrolina, para pegar o voo de retorno. Recomendamos voos após as 13h.
 
Café da manhã incluso;
Sem pernoite.
 
A programação acima poderá sofrer modificações devido a fatores climáticos, de acesso ou que possam interferir na segurança dos participantes.


Datas e Preços

Calendário

Datas

Status

A Partir de

 

19/11/2019

Há Vagas

R$ 3.990,00
Terrestre

Faça sua pré-reserva

30/11/2019

Há Vagas

R$ 3.990,00
Terrestre

Faça sua pré-reserva

06/12/2019

Há Vagas

R$ 3.990,00
Terrestre

Faça sua pré-reserva

SOMENTE TERRESTRE - VALORES POR PESSOA EM R$

HOSPEDAGEM

Acomodação

SGL

DBL

TPL

QDP*

Albergue Serra da Capivara

Standard

6.900

3.990

3.050

2.740

Real Hotel

Standard

7.330

4.180

3.090

2.900

Valores válidos de 6 de março a 20 de dezembro de 2019, para saídas diárias a partir de 1 cliente.

* Grupos de 4 pessoas serão acomodados em 2 quartos duplos.

SOMENTE TERRESTRE - VALORES POR PESSOA EM R$

HOSPEDAGEM

Acomodação

SGL

DBL

TPL

QDP*

Albergue Serra da Capivara

Standard

7.650

4.450

3.340

3.020

Real Hotel

Standard

7.720

4.450

3.320

3.100

Valores válidos de 5 de janeiro a 20 de dezembro de 2020, para saídas diárias a partir de 1 cliente.

* Grupos de 4 pessoas serão acomodados em 2 quartos duplos.

NOITE EXTRA EM PETROLINA - VALORES EM R$ - PREÇO POR PESSOA

LOCAL

HOSPEDAGEM

SGL

DBL

TPL

Petrolina

Reis Palace

210

120

100

Petrolina

Nobile

320

230

180

Valores sujeitos a disponibilidade no ato da reserva.

ADICIONAL AÉREO ORIGEM / PETROLINA / ORIGEM - POR PESSOA EM R$

CIA. AÉREA

VALOR A PARTIR DE

Azul / Gol / Latam

Sob consulta

Informações gerais:
* O roteiro está sujeito à confirmação quanto à disponibilidade de vagas de todos os serviços locais e poderá sofrer reajustes de valores na parte aérea ou terrestre. Confirmar o valor do pacote com seu agente de viagens.
* A programação acima poderá sofrer modificações devido a fatores climáticos, de acesso ou que possam interferir na segurança dos participantes.
* Os valores citados nas tabelas acima estão sujeitos a alterações e disponibilidade no ato da reserva.
* Consulte-nos para outras opções de hospedagens.
* Menores desacompanhados terão que apresentar carta dos pais feita em próprio punho e com firma reconhecida em cartório.
* As tarifas das Cias. Aéreas estão sujeitas a constantes mudanças, por ser essa uma estratégia do mercado. Certifique-se no dia do pagamento do seu pacote, se a tarifa informada pode ser confirmada. Somente a emissão do bilhete, garante a tarifa.
 
Formas de pagamento:
 
Cheque
6x sem juros em cheques pré-datados.
5x sem juros até 30 dias antes do embarque.
(30% na 1ª parcela e o restante em parcelas de igual valor).
* Aceitamos somente cheque do próprio viajante.
 
Cartão
Visa, American Express e Mastercard - Entrada + 3x sem juros.
(Entrada de 30% em cheque ou depósito e o restante em até 3x iguais no cartão).
*** para clientes estrangeiros, consultar condições de pagamento.
*** for foreign clients consult payment rules.
 
Cancelamentos
Em caso de cancelamento por parte do cliente, serão abatidos os valores referentes à taxa administrativa e a multa de cancelamento da companhia aérea, e sobre o valor restante pago incidirão as seguintes taxas de cancelamento que serão rigorosamente cobradas:
 
Parte terrestre
Cancelamento até 30 dias do início da viagem: multa de 10% do valor total;
Cancelamento entre 29 e 21 dias do início da viagem: multa de 20% do valor total;
Cancelamentos com 20 ou menos dias do inicio da viagem: percentuais superiores aos acima referidos, desde que correspondentes a gastos efetivamente comprovados pela agência perante a EMBRATUR, efetuados em decorrência da desistência do usuário.
 
Parte aérea: Taxa ou multa de cancelamento cobrada pelas Companhias Aéreas para os bilhetes em questão.
 
 

O que está Incluso

Inclui
- Transfer privativo  IN e OUT: aeroporto de Petrolina x São Raimundo Nonato x aeroporto de Petrolina;
- 6 pernoites em São Raimundo Nonato na hospedagem escolhida c/ café da manhã;
- Lanche de trilha ou almoço durante os passeios a ser combinado localmente com o guia;
- Entradas aos locais conforme roteiro;
- Todos os passeios conforme roteiro;
- Acompanhamento de guias locais;
- Transporte para os deslocamentos previstos no roteiro;
- Seguro viagem;
- Brinde especial Pisa Trekking.
 
Não inclui
- Passagem aérea;
- Despesas de caráter pessoal;
- Itens não mencionados no roteiro;
- Bebidas nas refeições.

O que levar

- Camisetas de manga curta e comprida;
- Calça leve adequada para caminhadas;
- Shorts;
- Malha fina para noites mais frias;
- Meias extras;
- Chinelos ou papete;
- Calçado confortável;
- Lanterna;
- Chapéu ou boné;
- Repelente (Exposis e/ou outros comuns);
- Protetor solar;
- Óculos escuros;
- Capa de chuva;
- Binóculos (opcional);
- Câmera com baterias extras;
- Medicamentos pessoais (anti-alérgicos, etc);
- Mochila de ataque para os passeios;
- Cantil.

Informações Importantes

Quando ir
O clima da região é tropical, com temperatura média anual de 25°C. O período seco vai de junho a dezembro, apresentando boas condições de trilhas e de observação da fauna local. Entre os meses de dezembro e maio, há uma maior possibilidade de chuvas. Julho também é um bom período, com o clima mais frio, porém com vegetação mais seca. O calor mais intenso vai de setembro a janeiro.
 
A caatinga é um bioma exclusivamente brasileiro e, como qualquer outro bioma, tem suas particularidades. Neste bioma o que mais nos surpreende é seu poder de adaptação a uma região tão seca e com poucos meses de chuva. Se você pretende visitar a Serra da Capivara entre os meses de junho a dezembro você vai encontrar uma vegetação bem seca, sem folhagem e com uma tonalidade esbranquiçada. E é daí que vem o nome caatinga: para os indígenas a palavra significa mata branca ou selva branca. Se você viajar entre os meses de janeiro e maio, encontrará uma vegetação verde, com um clima mais agradável e poderá até observar algumas flores e se surpreender com a riqueza desse bioma.

Hotelaria

Depoimentos

  • Maria Angelica David de Oliveira

    Além das intrigantes pinturas rupestres, foi uma surpresa a beleza natural das serras e da paisagem da caatinga, com sua diversidade de formas e cores.

     

    Aprendemos muito sobre a fauna e flora local, e a sofrida vida do sertanejo.

  • Marta e Márcia Toledo

    Andréa,

     

    Espero que suas férias tenham sido tão boas quanto as nossas.

     

    Adoramos o passeio na Serra da Capivara. Foi muito acima das nossas expectativas.

     

    Lugar lindo, super interessante, pessoas muito legais. Comida boa.

     

    Tudo perfeito. O nosso guia Marinho, muuuito bom.

     

    O Jordano do receptivo local, o motorista James, também, muito atenciosos.

     

    Pode recomendar este passeio para outras pessoas, porque realmente é surpreendente.

  • Renato Pitalunga

    Oi Paula. Tudo bem?

     

    A viagem para a Serra das Capivara e Confusões foi incrível. Um parque Nacional preservado e muito bem administrado. Impressiona muito a organização do lugar em comparação com os demais parques do Brasil.

     

    Além das pinturas rupestres me surpreendeu a diversidade do local com suas Serras e Chapadas incríveis.

     

    Ótimo para fazer boa caminhadas.

     

    Foi muito especial conhecer a Caatinga esse Bioma tão rico. Estava tudo verdinho por lá.. chuva boa que caiu. Fauna e flora espetacular!

     

    Queria agradecer...

    + Leia Mais
  • Gill-Ruth
    Bom dia Letícia,
     
    Tudo bem? Desculpe que essa resposta demorou tanto, mas depois da Serra da Capivara viajei mais e só voltei no fim de semana.
     
    A viagem para a Serra da Capivara e Confusões foi incrível. Inesquecível! Gostei muito. A organização pelo Giordano foi ótimo, sempre foi atento para ter certeza  que tive bons passeios e o guia Pedro explicou tudo com detalhes e paciência. O motorista James tem muito experiência e dirigiu com muito cuidado. A combinação entre a história do Brasil e a natureza das Serras foi ótima para mim. Aprendi e...
    + Leia Mais
  • Olivia e Valsuir Vennozi

    Lendo o Informativo / Roteiro, dado pela Pisa Trekking,descobrimos que o Parque da Capivara, inaugurado no dia 5 de junho de 1979, faria 40 anos e estariamos lá!!

    Giordano e Nestor nos receberam com muito carinho. Assim que souberam que meu marido tinha sido aluno de Niède Guidon, no ginásio, deram um jeito dos dois se encontrarem. nos levaram a noite, para assistir, na Pedra Furada, ao ar livre, o lançamento do filme-documentário sobre o trabalho dela lá. Assim, ele conseguiu falar com ela e o autografo no livro.

    Sem palavras... Pura emoção...

    Nosso encontro , com certeza, também aconteceu, graças aos espiritos da natureza e a...

    + Leia Mais

VOCÊ TAMBÉM VAI CURTIR