Dica de viagem: O que fazer na Chapada dos Veadeiros?

Se pudéssemos resumir a Chapada dos Veadeiros em uma palavra, ela seria cachoeiras. Por isso, dentre as mais de 300 quedas d’água da região, o Blog Vida ao Ar Livre selecionou as imperdíveis nesse texto. Agora, para conhecer as muitas outras atividades e belezas escondidas pelas águas, hoje, vamos mostrar o que fazer na Chapada dos Veadeiros – além das cachoeiras.

 

ATIVIDADES RADICAIS

Para quem gosta de caminhar, a Chapada dos Veadeiros oferece uma grande quantidade de trilhas, que passam pela vegetação de cerrado rupestre e sempre nos levam a pelo menos uma cachoeira. Mesmo que algumas trilhas sejam consideravelmente longas, para alguns, ainda falta emoção. Felizmente, Veadeiros tem uma série de atividades radicais, como cachoeirismo e tirolesa, para os mais inquietos.

 

  • Tirolesa Voo do Gavião

Localizada na Pousada Fazenda São Bento, a 9km de Alto Paraíso, a tirolesa Voo do Gavião percorre 850m em uma altura de 100m. A vista de 360º fica por parte do verde das Serra Almécegas e da Serra da Boa Vista, além da paisagem dos campos do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros ao fundo. Uma outra curiosidade é que o nome da tirolesa vem pela quantidade de gaviões carcarás que cruzam a região.

A atividade toda dura uma hora, e consiste em descer 850 metros de cabos à uma altura de 100m do chão e uma velocidade que chega à 55km por hora! Programe-se para agendar o passeio com antecedência, já que ele é normalmente parte opcional dos roteiros. E ah, as crianças também estão convidadas a participar!

 

Tirolesa Chapada dos Veadeiros

 

  • Rapel na Cachoeira Almécegas I (Cachoeirismo)

Também dentro da Fazenda São Bento, a 4km da tirolesa, estão as Cachoeiras Almécegas I e II. Enquanto a segunda é mais propícia para banho, a primeira encanta pela queda de 45m. Por conta da altura, uma prática bastante comum é descer o paredão com ajuda de cordas fixas. Ou em outras palavras, cachoeirismo.

Se você gosta de aventuras, mas nunca tentou fazer rapel antes, não tem problema. Lá, todos os equipamentos são supervisionados por condutores que ajudarão durante toda a descida. E o mais legal, a cachoeira conta tanto com 45m do que chamamos de descida positiva (quando você desce apoiando os pés na parede), quanto 25m de negativa (sem o apoio). Friozinho na barriga que só passa quando chega na piscina da cachoeira.

Cachoeirismo nas Almécegas - Chapada dos Veadeiros

 

  • Travessia Leste (Trekking e acampamento)

Se você é daqueles que acredita que uma viagem para natureza só vale quando você acampa, conheça a Travessia Leste. Ao longo de três dias, você completará 50km entre Alto Paraíso e o Povoado do Bandeira, dormindo em meio ao cerrado brasileiro. No caminho, você passará por cachoeiras e mirantes que os roteiros comuns não costumam passar, como o complexo de seis quedas cristalinas das Cachoeiras do Rio Cristal ou os 50m da Cachoeira da Catedral. E para recuperar as energias do primeiro dia de trilha, talvez o melhor dos diferenciais: a deliciosa comida caseira da D. Leonia.

travessia leste - Chapada dos Veadeiros

 

  • FEAL (Expedição OBB)

Bom, se você for um ser incansável e quiser tudo (das cachoeiras ao acampamento), a melhor opção é a Expedição OBB FEAL. A ideia da viagem é mais uma busca pessoal, desenvolvimento de técnicas e competências de trekking e autoconhecimento em meio à natureza. Em outras palavras, se meter no mato com um mapa e uma bússola, e liderar ou ser liderado pelos atrativos que a região oferece.

Nesse meio tempo, você poderá praticar cachoeirismo, atravessar cânions com auxílio de cordas, aprender a cozinhar somente o necessário, trabalhar em equipe e muito mais. Com certeza, uma das experiências mais imersivas e transformadoras que você terá em sua vida.

OBB FEAL

 

Por essas e outras, confira aqui os quase 20 roteiros que a Pisa Trekking oferece na Chapada dos Veadeiros.

 

Leia outros textos sobre a Chapada dos Veadeiros:

Deixe uma resposta