Verão: Três destinos que estão na melhor época para viajar no Brasil

Cada vez mais pessoas fazem viagens de ecoturismo no Brasil. Com roteiros cada vez mais conhecidos e linhas aéreas acessando cada vez mais o interior, está mais fácil viajar até as paisagens intocadas do nosso país.  Como cada região possui características climáticas diferentes, fizemos uma série de quatro publicações com os principais destinos de turismo no Brasil separados pela melhor época do ano para cada um deles.

Nesta primeira postagem, você confere três dicas de melhores destinos para viajar no verão! E um bônus round pra fugir do calor!

Verão

Por estar praticamente todo no Hemisfério Sul, vamos considerar o verão brasileiro do fim de dezembro ao fim de março. Mas vale lembrar que as populações de cada região nomeiam as estações do ano de forma regional, geralmente distinguindo apenas em verão e inverno.\O verão em geral é a época mais quente e úmida do ano. Ideal para curtir a praia, cachoeira ou fazer um mergulho no rio.

Veja nossas sugestões para o Verão

Bonito

Bonito, uma pequena cidade do Mato Grosso do Sul, está no centro das atenções nacionais quando o assunto é ecoturismo. O turismo é a principal atividade da região há muito tempo, e está em constante evolução buscando a interferência mínima na natureza.

Seus rios e nascentes tem água com uma incrível cor azul. Por conta da imensa quantidade de calcário presente no solo, as águas destes rios passam por uma verdadeira filtragem natural, e o resultado é a absoluta transparência das águas.

 

Não bastasse isso, Bonito é uma região rica em cavernas e cachoeiras, e tem inúmeras atrações para viajantes de todos os gostos e idades.

Entre as atrações, os grandes destaques são a Gruta da Lagoa Azul, que abriga a Lagoa Azul a 100 metros abaixo da terra. Outro passeio de sucesso é a descida do Rio Olho D Água até o Rio da Prata, que proporciona um mergulho em águas cristalinas e repletas de peixes.

 

 

O rafting no Rio Formoso dá um toque de aventura à viagem e é a oportunidade de apreciar a vegetação e a fauna às margens do rio, um encontro marcado com macacos, tucanos e araras.

Bonito é assim: um exemplo de integração e convívio com a natureza.

A Pisa Trekking oferece roteiros em Bonito desde os anos 1990, e tem duas opções de viagem para lá. O mais completo, Encantos de Bonito, tem sete noites e sete passeios inclusos. A segunda opção é para quem tem menos tempo. Incrível Bonito é um roteiro de 4 noites, que conhece os principais atrativos da região. Tem até uma opção para quem quiser ir pra lá curtir o Carnaval em Bonito!

 

 

Chapada dos Veadeiros

No coração do Brasil, no estado de Goiás, a Chapada dos Veadeiros é uma joia que guarda muitas nascentes de rios e cachoeiras que despencam do alto do cerrado rupestre, atraindo milhares de visitantes por ano..

No verão as chuvas são mais frequentes, o que faz com que as cachoeiras estejam cheias de água. É a melhor época para visitar o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, que é reconhecido como Patrimônio Natural da Humanidade. O acesso é fácil, já que o parque está localizado a apenas 230km de Brasília.

São muitos atrativos naturais. Nem em um mês inteiro lá seria possível visitar todos. Mas, claro, existem alguns que são imperdíveis. os Saltos do Rio Preto são o cartão postal do parque, que também tem dentro de sua área outro atrativos imponentes, como a Catarata dos Couros e os cânions do Rio Preto.

Fora da área do parque são muito mais atrativos. O Vale da Lua, próximo ao povoado Sao Jorge, e a Cachoeira de Santa Bárbara, em Cavalcante, são dois dos mais procurados. Mas há muitos outros atrativos no diversificado cardápio turístico da Chapada dos Veadeiros.

Por ter tanta diversidade, as possibilidades de viagem para a Chapada dos Veadeiros são muitas. A Pisa trekking tem roteiros para lá entre 4 e 8 dias de viagem, entre Alto Paraíso, São Jorge e Cavalcante. Confira aqui. Se já estiver decidido em conhecer a fundo Veadeiros, veja uma opção de roteiro completo para lá.

Itacaré e Maraú

Itacaré e a Península de Maraú são dois paraísos no litoral baiano. Com pouco mais de 250km de Salvador, Itacaré tem belas praias com águas verdes e uma pequena vila com restaurantes e barzinhos descolados. Maraú, distante cerca de 30km de Itacaré, tem na sua exuberante natureza e na sensação  de exclusividade seu grande charme.

A região de Itacaré oferece diversos passeios por paisagens de grande beleza natural. Na orla litorânea predominam os coqueirais, belas praias, mar azul e transparente. Suas praias são tão especiais que até pouco tempo nem constavam nos mapas.  Outra sugestão são os passeios de barco pelo rio de Contas, com belos manguezais e graciosas cachoeiras.

Já fugindo do tradicional circuito turístico baiano, a Península do Maraú ainda se encontra preservada e pouco conhecida, graças ao difícil acesso. A península, que se estende no sentido sul-norte com o Oceano Atlântico de um lado e a Baía de Camamu do outro, apresenta praias desertas e lagoas de água doce em seu interior, uma região ideal para quem busca tranqüilidade e paisagens naturais mais selvagens.

É possível visitar estes dois paraísos em uma única viagem, uma forma legal de aproveitar o tempo para conhecer dois lugares. Veja aqui a sugestão da Pisa para quem quer conhecer Itacaré e Marau na mesma viagem.

Mas, para quem gosta de curtir uma delicia de cada vez, esta é uma opção para viagem só para Itacaré, e aqui uma viagem só para Península de Maraú! Escolha a sua!

 

Bônus round

Para fugir do calor, Patagônia

Se pra você o calor desse verão já foi suficiente, que tal ir curtir o verão gelado da Patagônia?

Em uma semana de viagem é possível conhecer a famosa geleira Perito Moreno, e descobrir algumas das lindas trilhas no povoado vizinho de El Chaltén, com lagoas de degelo, glaciares e montanhas belíssimas. Se então encarar uma verdadeira aventura e fazer o Circuito W em Torres del Paine. Um dos trekkings mais cobiçados do mundo.

 

O importante é viajar!

 

 

Deixe uma resposta