Dica de viagem: Onde fica e como ir ao Jalapão?

Desde que estourou na novela O Outro Lado do Paraíso, o Jalapão vem ganhando cada vez mais o gosto do brasileiro. Fervedouros, cachoeiras, dunas e cânions são apenas algumas das belezas naturais que você encontrará por lá. Por isso, se você se encantou pela região, mas não faz ideia de como chegar lá, o Blog Vida ao Ar Livre te explica onde fica e como ir ao Jalapão.

 

Onde fica?

O Jalapão fica no extremo leste do Tocantins, fazendo divisa com Bahia, Maranhão e Piauí. A região leva o nome pela jalapa, flor comum no Cerrado brasileiro. E falando nesse bioma, essa é uma das áreas mais extensas de vegetação nativa remanescente no país. Apenas o espaço do Parque Estadual do Jalapão (1.589 km²) é maior do que todo o município de São Paulo (1.521 km²).

Mapa Jalapão

 

Como ir?

A grande virtude e ao mesmo tempo o grande problema da região é o difícil acesso. Virtude porque a natureza permanece intocada, mas problema porque chegar ao Jalapão demandará um esforço extra. A começar pelos voos, que só chegam até Palmas, distantes 300 km do Parque Estadual. De lá, os primeiros 190 km até Ponte Alta do Tocantins são tranquilos, já que a estrada é asfaltada. Mas daí em diante o caminho será todo de terra, areia, pedra e buracos. Com um bônus de lama, nos meses chuvosos (outubro a março), e de areia fofa, nos secos.

Outro detalhe é que a cobertura de internet e telefone ainda é deficiente, o que dificulta a comunicação em casos de emergência. E mesmo se conseguisse, os guinchos de seguro não percorrem essas estradas. Por isso, em primeiro lugar, é praticamente obrigatório visitar o Jalapão em um carro 4x4: todos os passeios são distantes e sempre em estradas realmente complicadas. Em segundo, o carro precisa estar em dia com as peças e a manutenção.

Se você não quer pensar nessas dores de cabeça, é altamente recomendável contratar uma agência de turismo. Aliás, conheça aqui algumas sugestões de roteiros.

Como ir ao Jalapão

Algumas dicas

A maior parte dos atrativos fica próximo de Mateiros, mas as demais imediações, como Ponte Alta e São Félix também guardam ótimas atrações.

O roteiro Jalapão 360º é o único que passa pelas três cidades, dando uma volta por toda a área do Jalapão. É uma imersão mais completa comparado à quem percorre apenas as dunas douradas e as águas cristalinas dos fervedouros.

Uma dica para aqueles que têm mais tempo para viajar é que alguns roteiros permitem fazer uma extensão do Jalapão para outras regiões, como a Chapada das Mesas, a Chapada dos Veadeiros, o Parque Estadual do Cantão e a Ilha do Bananal. Uma ótima oportunidade para quem quer conhecer mais de um bioma na mesma tacada!

E, é claro, se preferir a tranquilidade e segurança de anos de experiência na região, vem dar uma olhadinha nos roteiros que a Pisa oferece!

 

Leia outros textos sobre o Jalapão:

CONHEÇA NOSSOS ROTEIROS!

Assine nossa newsletter e receba nossos roteiros e novos textos do blog

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 171 outros assinantes

Deixe uma resposta