Dica de Viagem: por que você precisa ver aurora boreal na Islândia?

Mesmo que você nunca tenha visto uma Aurora Boreal, você provavelmente já viu foto de alguma. As luzes verdes, rosas e azuis tomam os céus do Ártico e fascinam até aqueles que já são acostumados com o evento. Para nós brasileiros, então, que estamos longe do clima polar, a experiência é ainda mais memorável. Agora, se você não faz ideia de onde ver esse fenômeno, hoje, o Blog Vida ao Ar Livre, mostra porquê Aurora Boreal na Islândia é uma das melhores do mundo para se observar!

 

Como se formam as auroras boreais?

Para que possamos ver uma aurora boreal, precisamos de dois ingredientes principais: os ventos solares e o campo magnético da Terra. Talvez você já tenha ouvido falar do primeiro, mas para deixar mais claro, pense que dentro do Sol acontecem milhares de reações com muita energia. Essa energia é expelida para o espaço sideral, formando os ventos solares, carregados de elétrons.

Por parte da Terra, o campo magnético é basicamente um imenso ímã que atrai esses elétrons para os pólos, tal como um ímã comum faria com uma limalha de ferro. Quando os ventos se chocam com a Terra, parte dessas cargas solares interagem com a atmosfera, fazendo com que os gases presentes a mais de 100km de altitude se manifestem em forma de luz: as auroras boreais!

E para você que sempre quis saber porque a maior parte das auroras boreais das fotos são verdes e violetas, a resposta são os gases que predominam em nossa atmosfera. O oxigênio e o nitrogênio, respectivamente, interagem de formas diferentes com os ventos e, por isso, geram cores diferentes!

aurora boreal na islândia

 

Por que ver as auroras boreais na Islândia?

As auroras acontecem nas regiões polares do globo (leia no fim da matéria para entender como elas se formam). Além da Islândia, a boreal pode ser vista em países como o Canadá, Escócia, Noruega e Finlândia. E a primeira vantagem da pequena ilha é justamente a localização. Estando na Islândia, não tem erro, praticamente em qualquer lugar que estiver, você estará dentro da faixa de cobertura do fenômeno.

Nos outros países, geralmente é preciso se deslocar para regiões muito remotas para ver o fenômeno, e vale lembrar, isso acontece sempre em regiões muito frias. Além disso, é claro, a Islândia conta com uma infraestrutura relativamente boa para curtir o evento com comodidade. Só a título de comparação, no Canadá, você precisa se deslocar para áreas bastante inabitadas, enquanto da Islândia, já da capital Reykjavík é possível assistir às luzes. Vale lembrar também que apesar das boas condições, várias cidades são realmente muito pequenas, o que significa uma baixa interferência luminosa. E, mesmo na capital, em dias de atividade solar muito intensa a prefeitura apaga as luzes públicas da cidade, pra que todos possam acompanhar o espetáculo.

aurora boreal na islândia

Além da boa infraestrutura, a Islândia é famosa por possuir algumas das paisagens naturais mais bonitas da Europa. Se você estiver em lugares como o lago glacial Jokulsarlon, o show ainda vem em dobro, já que a água reflete tudo que está no céu.

Como o país conta com uma série de outras atividades para fazer além das auroras, sua viagem não ficará restrita apenas à caça das luzes no céu. Durante as curtas horas do dia é possível andar em cavalos islandeses, conhecer glaciares, cachoeiras, cavernas de gelo, praias de areia negra, aproveitar um desafiador trekking e muito mais. Afinal, se deslocar do Brasil ao extremo norte da Terra não é barato, então é preciso aproveitar tudo ao máximo.

 

De presságio de morte na Antiguidade à espetáculo de luzes hoje em dia, as auroras boreais são indescritíveis. E para conhecer tudo isso com segurança, conforto e o melhor acompanhamento possível, conte com os serviços da Pisa Trekking. Confira aqui nossos roteiros de aurora boreal na Islândia e marque já sua viagem com nossos atendentes!

 

Leia outros textos sobre a Islândia:

CONHEÇA NOSSOS ROTEIROS!

Assine nossa newsletter e receba nossos roteiros e novos textos do blog

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 301 outros assinantes

Deixe uma resposta