Dica de Viagem: o que fazer em Ushuaia?

Conhecer a cidade mais austral do mundo já é uma aventura e tanto. Mas se você estiver disposto, Ushuaia tem muito mais a oferecer. Da cidade acolhedora às geleiras do Canal Beagle, dos trenós puxados por huskies aos museus que recontam a viagem de Darwin, a Cidade do Fim do Mundo traz opções para todos os gostos. E para conhecer algumas delas, o Blog Vida ao Ar Livre separou tudo o que fazer em Ushuaia.

Vida urbana (verão e inverno)

O bom de Ushuaia é que você pode conhecer em qualquer estação do ano. O que muda de uma época para outra são as atividades, tão boas no verão quanto no inverno, mas muito diferentes em cada estação. É até um incentivo para voltar outra vez. Vale destacar que no verão os dias são bem longos, afinal, estamos falando de uma região quase polar. O que também significa que no inverno serão 18 horas no escuro. Mas tudo tem seu charme. Pense que a cidade inteira se ilumina, e a neve dá contornos graciosos às ruas.

E para animar a noitada, você pode curtir um cassino, um barzinho ou até uma balada. Agora, se a ideia é ficar mais tranquilo, você terá muitas opções de restaurante. E quando falamos isso, queremos dizer churrascarias argentinas típicas dividindo espaço com um Hard Rock Café, por exemplo. Aproveite também para dar uma volta na cidade, e você vai descobrir toda uma vida à parte do turismo; que vai dos pescadores locais à grande atividade industrial da região.

o que fazer em ushuaia?

Navegações patagônicas (verão)

Ushuaia está estrategicamente posicionada à beira mar. Isso significa que basta dar uma andadinha que você rapidamente se depara com o grande canal de Beagle. E é por ele que partem as principais navegações da região, inclusive as que vão para Antártica.

Uma delas é a dos Cruzeiros Australis. Ao longo de cinco dias, você conhecerá glaciares, pinguineiras, indígenas Yaganes, e até fazer alguns pequenos trekkings. O legal é que boa parte do percurso cruza por canais patagônicos chilenos, terminando na cidade portuária de Punta Arenas. Tudo isso, é claro, com todo o conforto de vinhos, calefação e suítes caprichadas.

Outra navegação muito procurada é a que segue caminho às Ilhas Malvinas (Falklands), onde você pode encontrar quatro espécies de pinguins diferentes. Além disso, a história da ilha é bem diferente, já que, por décadas, argentinos e ingleses disputaram o território, que hoje carrega traços culturais dos dois. Por um lado, tradições e costumes hermanos resistem com os últimos habitantes sul-americanos. Por outro, ônibus vermelhos e libras esterlinas se impõem no dia-a-dia da ilha. Uma combinação inesperada e única para qualquer curioso.

o que fazer em ushuaia?

Conheça aqui os roteiros de navegação.

Atividades de neve (inverno)

Os dias de inverno podem até ser mais curtos, mas o Fim do Mundo ganha atividades que só acontecem nessa época do ano. Dentre elas, os reis do camarote são o passeio de huskies, motos de neve e o centro de ski Cerro Castor.

Vale lembrar que nossos melhores amigos não são maltratados e o passeio não lhes causa nenhum tipo de sofrimento. Pelo contrário, os locais resgatam a história dos caninos (siberianos e alasquianos) e nos ensinam a atar os huskies no trenó e a conduzi-los. Daí para frente, será um branco magnetizante e uma brisa gostosa. E se o tempo permitir, ainda teremos a chance de montar um iglu.

Já quando falamos dos motorizados ou mesmo do centro de ski, os cenários são de belos vales, florestas e bosques de lengas, a árvore típica de Ushuaia. E se você nunca conduziu nada além de carro e bike, você contará com uma série de instrutores e uma infraestrutura de ponta, que fará da sua primeira experiência inesquecível.

o que fazer em ushuaia?

Conheça aqui os roteiros de Patagônia Inverno.

Natureza viva (verão)

Já no verão, o branco dá espaço a outras cores. É claro, as geleiras continuam firmes e fortes (e prontas para serem visitadas), afinal, estamos a 1.000km de Antártica. Mas junto com isso, teremos a possibilidade de caminhar pelas montanhas, contemplar os lagos Fagnano e Escondido descongelados e fazer trekking pelas fazendas em volta da cidade.

No caminho até eles, você pode ter a sorte de encontrar diques construídos por castores e mirantes que traçam a topografia da região. Agora, se a sorte for grande, quem sabe você não encontre as barbas de bode, plantas que não conseguiriam viver em ambientes com poluição. Ou seja, prepare-se para respirar um dos melhores ares da sua vida!

Por fim, ainda podemos desbravar toda a extensão do Parque Nacional da Terra do Fogo, que cruza a fronteira e termina em território chileno. Embarcando no lendário trem do fim do mundo, conheceremos novos lagos, florestas e animais de uma natureza riquíssima.

o que fazer em ushuaia?

Depois de tanta coisa diferente, 16 horas de sono do inverno do Fim do Mundo vão ser pouco para você se recuperar. Mas para isso, primeiro, você precisa viver um pouco do que o cientista Charles Darwin e o navegador Fitz Roy sentiram alguns séculos atrás. E para isso, você pode contar com os serviços da Pisa Trekking. Especialistas em Patagônia há mais de 20 anos, nós oferecemos mais de 15 roteiros para Ushuaia com toda segurança e conforto do mundo. Confira aqui nossos roteiros para a Patagônia Argentina e tire já todas as suas dúvidas com nossos atendentes!

Leia outros textos sobre Patagônia:

CONHEÇA NOSSOS ROTEIROS!

Assine nossa newsletter e receba nossos roteiros e novos textos do blog

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 274 outros assinantes

Deixe uma resposta