Lonely Planet: As aventuras mais acessíveis para 2019 ($)

Você é daqueles que está sempre atrás de um descontinho? Dos melhores preços? Pois bem, a Lonely Planet, a maior editora de guias de viagem do mundo facilitou um pouquinho a sua vida, e selecionou as aventuras mais acessíveis para 2019. E nós aqui do Blog Vida ao Ar Livre não poderíamos ficar de fora. Por isso, escolhemos as três que mais recomendamos!

Sul do Vale do Nilo (Egito)

O Rio Nilo é a prova de que a natureza guarda suas preciosidades. No meio do Deserto do Saara, ele deu e continua dando vida à uma região que, de outra forma, seria tomada pela areia. É assim há milênios, quando o Antigo Egito construía suas grandes obras de arquitetura.

Em Luxor, vários são os templos que você poderá explorar. No complexo de Karnak, por exemplo, está o maior santuário egípcio já construído. O templo de Amon-Rá é defendido por esfinges, obeliscos, um lago e mais de 300 colunas maciças. Por aqui também, no Vale dos Reis, estão as tumbas de diversos faraós, como a de Tutankamón; que foi a única encontrada ainda com os tesouros e a própria múmia intactas.

cruzeiro_do_rio_nilo

E além dos templos em homenagem ao deus dos céus (Hórus) em Edfu e Kom Ombo, você consegue ter um relance de como tudo era construído milênios atrás. Afinal, em Aswan, existem vários canteiros de obras inacabadas, que ajudam os arqueólogos a entender melhor a civilização egípcia. Mas a verdade é que para entender bem, só navegando Nilo acima numa confortável faluca.

Grande parte dos roteiros costuma incluir uma palhinha no Cairo, porque não dá para perder as Pirâmides de Gizé e a esfinge. Mas como a entrada para vários dos atrativos não é cara, uma viagem de mais de 10 dias custa o mesmo preço de uma com 5 em outro lugar. Confira aqui alguns dos roteiros para o Egito.

templo da rainha Hatshepsut

Argentina

Guarde a data: dia 2 de julho de 2019, a Argentina terá um eclipse solar total. E ele passará bem pertinho de Buenos Aires. Como grande parte dos atrativos do país fazem conexão na capital, você pode se programar para assistir a esse fenômeno no começo ou final da viagem.

Depois da bola de fogo toda preta, você está preparado para degustar os melhores vinhos de Mendoza, contemplar os desfiladeiros de Salta e caminhar próximo à montanha mais alta das Américas, o Aconcágua. Mas se você só puder conhecer uma região da Argentina, que seja a Patagônia.

el chaltén

Da rica fauna de pinguins, leões marinhos e golfinhos da Península Valdés às atividades de neve de Ushuaia, a Patagônia é para todos os gostos. Se a ideia for contemplar grandes montanhas nevadas e suas lagunas, vá para El Chaltén. Se você quiser caminhar por cima de um glaciar, conheça o Perito Moreno, em El Calafate. Agora, se você sempre quis navegar num cruzeiro no meio de icebergs e geleiras, passe por Ushuaia.

São tantas opções que até se pegarmos só a Patagônia, é impossível fazer tudo de uma vez. O que é bom! Motivos para voltar várias vezes. E nossos hermanos estão de olho nisso, tanto é que fazem de tudo para oferecer descontos que atraiam turistas. Confira aqui os roteiros para a Argentina.

patagonia

Equador

E já que estamos pela América do Sul, vamos subir um pouquinho para falar de um país completamente diferente. No Equador, três são os cenários que reinam: a Cordilheira Andina, as Terras Baixas da Costa e as Selvas.

Já na capital Quito, você experimenta temperos equatorianos, conhece os principais edifícios da cidade (especialmente a série de igrejas) e cruza a famosa Linha do Equador, que divide igualmente hemisfério norte e sul. Aliás, em todas as grandes cidades do país, seja em Quito, Cuenca ou Guayaquil, essa aura colonial vive lado a lado com um desenvolvimento urbano.

quito equador

Agora, se a sua pira for mais aventura, não deixe de conhecer um dos vulcões mais ativos do mundo: o Cotopaxi. Só para você ter uma ideia, a última vez que ele entrou em erupção foi em 2015. Por isso, avistamos o colosso da lagoa de Limpiopungo, que fica no pé do vulcão. Em outras palavras, perto o bastante para não estar tão próximo assim.

Se você quiser ir mais a fundo, o Equador ainda guarda mercados indígenas no meio das montanhas e um trem que desce de costas. Mas definitivamente, o santuário número 1 é o da Ilha de Galápagos. Para cá, a viagem encarece um pouco, mas com iguanas, piqueros de patas azuis e lobos marinhos, o investimento vale a pena. De qualquer forma, a parte continental oferece hospedagem e logística que reduzem os gastos finais. Confira aqui alguns dos roteiros para o Equador.

galápagos equador

Então agora não há desculpa para não viajar. Ainda mais com toda a segurança e conforto que a Pisa Trekking pode oferecer nos três destinos. Confira aqui nossos pacotes e tire todas as suas dúvidas com nossos atendentes.

 

Leia mais textos sobre as listas da Lonely Planet:

CONHEÇA NOSSOS ROTEIROS!

Assine nossa newsletter e receba nossos roteiros e novos textos do blog

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 280 outros assinantes

Deixe uma resposta