Safári na África do Sul: conheça as melhores opções

Sem dúvidas, um dos melhores passeios na África do Sul são os safáris. Além das diversas espécies de animais, a sensação de ser um nada perto dos gigantes da natureza é muito atraente. O que talvez você não saiba é que com tanta opção, fica até difícil saber o que analisar para escolher a melhor. Por isso, hoje, o Blog Vida ao Ar Livre te ajuda a decidir seu próximo safári na África do Sul.

Basta uma rápida busca no Google, que você descobrirá uma série de Reservas Privadas. Isso sem contar os Parques Nacionais, como o mais modesto Marakele e o gigante Kruger. O fato é que dependendo da escolha, sua experiência pode ser completamente diferente. Como o Marakele é menor, a viagem é até mais parecida com as das reservas, mas no Kruger, a história já é outra.

Elefante - Safári na África do Sul

Safári na África do Sul em PARQUES NACIONAIS:

Com quase 20.000km² de área, o Parque Nacional do Kruger é um dos mais famosos da África. Nele, você encontra os Big Five (leões, elefantes, rinocerontes, búfalos e leopardos), os animais de grande porte que até então eram os mais difíceis de serem caçados. E você pode imaginar a quantidade deles que dá para encontrar numa extensão dessa.

O problema é que como as estradas e rotas são delimitadas, dificilmente você sai do percurso. Com isso, apesar da experiência ser mais selvagem, se os animais não surgirem em seu caminho, você terá que vê-los de longe.

Leão no parque Lion Sands - Safári na África do Sul

Safári na África do Sul em RESERVAS PRIVADAS:

E essa é a grande vantagem das reservas privadas. Aqui, você passa por cima dos arbustos destruídos pelos elefantes, e cruza lagos e riachos. Em outras palavras, você literalmente sai da rota para chegar o mais próximo possível dos animais. Isso, é claro, respeitando o espaço deles, como também mantendo uma distância de segurança para nós.

É desse jeito que chegamos aos mais furtivos leopardos, por exemplo; o mais difícil de ser avistado dos cinco. Ou mesmo pegamos cenas mais inusitadas, como de acasalamento e caça, que são mais raros em trechos já bem demarcados pelo homem.

Algumas reservas bastante recomendáveis são a Sabi Sabi, a Kapama, a Karongwe Shiduli, a Shamwari e a Lion Sands. Esta última considerada um dos dez melhores lodges para safári da África pela renomada Travel & Leisure. E o curioso também é que todas elas ficam próximo ou nas bordas do Kruger; mais uma prova da dimensão do Parque Nacional.

Rinocerontes - Safári na África do Sul

Dicas para seu Safári na África do Sul:

 

  1. Certifique-se de se vacinar contra febre amarela.
    Para entrar na África do Sul, será obrigatório, e você precisará comprovar levando o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia;
  2. Em algumas regiões, você também deve se preocupar com a malária.
    O bom é que pouco a pouco, o país vai erradicando a doença. Hoje, algumas áreas como o Parque Nacional Marakele já estão totalmente livres dela. No Kruger e nas imediações, a chance é pequena e vem diminuindo;
  3. Escolha bem a época do ano.
    Os safáris podem ser feitos em qualquer época do ano, mas de maio a outubro, no inverno, você pega menos mosquitos e chuvas. Além disso, com menos água que no verão, os animais acabam se concentrando mais nos pontos que ficam sempre inundados. Isso é bom para ter mais chances de avistá-los;
  4. Verifique se o safári que você vai fazer aceita crianças.
    A maior parte deles não permite crianças menores de seis anos. Até 12 anos, somente com autorização do guia local. Alguns lugares como no Parque Nacional Marakele, existe uma opção específica para as crianças depois do café da manhã;
  5. Respeite o ambiente.
    Não dê gargalhadas, não fale alto, não coloque os braços para fora do veículo e não se levante enquanto estiver no carro. Tudo isso é importante para uma convivência segura com a vida animal!
  6. Escolha bem as roupas.
    Quanto as roupas, evite usar cores chamativas e, curiosamente, o preto, para evitar ficar cheio de insetos te rondando.

Girafas - Safári na África do Sul

Com essas informações em mente, você já está mais do que preparado para embarcar em seu safári na África do Sul. O bom é que se você gostar da experiência, a brincadeira não para por aí. Afinal, você tem toda uma África de safáris para se aventurar. Alguns países especialistas nisso, por exemplo, são Quênia, Botswana e Tanzânia. E não se esqueça também de Ruanda, com seu espiritual trekking em um parque nacional repleto de gorilas, e de Madagascar, com seus lêmures e espécies únicas da ilha.

Mas para começar bem, conte com os serviços da Pisa Trekking. Especialistas em destinos de ecoturismo, oferecemos conforto e segurança durante toda sua viagem. Confira aqui nossos pacotes para a África do Sul e tire todas as suas dúvidas com nossos atendentes.

 

Leia mais roteiros sobre a África do Sul:

CONHEÇA NOSSOS ROTEIROS!

Assine nossa newsletter e receba nossos roteiros e novos textos do blog

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 285 outros assinantes

Deixe uma resposta