Para onde viajar em outubro?

Outubro é um mês de transição. Embora a mudança de estações ocorra no final de setembro, é em outubro que essas mudanças começam a se manifestar. Às vezes, isso significa o início da época ideal para visitar determinado lugar; às vezes, o fim dessa época. De qualquer forma, a baixa temporada e o clima ameno fazem desse mês um período bom para sair de casa e explorar o mundo. Hoje, o Blog Vida ao Ar Livre te ajuda a decidir para onde viajar em outubro. 

Aurora Boreal - Islândia, Noruega, Canadá e Finlândia

Em outubro, os dias ficam progressivamente mais escuros nas cidades localizadas próximas ao Círculo Polar Ártico, e é assim que sabemos que a melhor época para observar a Aurora Boreal está começando! O fenômeno das luzes dançantes é um dos mais emocionantes da natureza, e não é à toa que desde a antiguidade existem lendas sobre ele.

Para conhecê-lo, Finlândia, Noruega, Islândia e Canadá podem ser cenários para a sua viagem. Embora a Aurora seja igualmente esplêndida em todos esses lugares, o que determina o melhor roteiro para você, são os demais passeios que o complementam. Na Finlândia, por exemplo, você pode fazer uma experiência imersiva no clima de final de ano, visitando, na Lapônia, a Vila do Papai Noel.

Na Noruega, por sua vez, você pode se hospedar em um hotel feito de gelo e velejar pelo Oceano Ártico em busca de baleias. Na Islândia, você tem a opção de caminhar sobre glaciares, adentrar cavernas de gelo e visitar campos de lava e vulcões. Já no Canadá, pesca em lagos congelados e percursos em moto de neve são opções de atividade para compor os seus dias livres. Mas é claro que, em todos eles, a Aurora Boreal é a atração principal.

Confira aqui os roteiros com Aurora Boreal.

Patagônia 

Um coisa é certa sobre as temperaturas na Patagônia: elas são imprevisíveis. Ainda assim, o verão é considerado a melhor época para visitar a região, já que dá para fazer trekking, acampar e aproveitar o dia mais longo; no inverno, as atividades são restritas à neve. É justamente ao viajar em outubro, porém, que você percebe que a neve começa a ceder lugar para a vegetação verde dos estepes e o céu começa a clarear. Só não se engane: o frio é predominante no ano inteiro, até no verão.

Os parques nacionais são os principais destinos de quem visita a Patagônia, e é possível conhecê-los tanto através de um roteiro contemplativo, quanto em um mais aventureiro. A cidade de El Chaltén, por exemplo, é considerada a capital do trekking, e lá estão situadas algumas das melhores caminhadas da Patagônia. Por outro lado, outro fenômeno tipicamente patagônico, o glaciar Perito Moreno, pode ser explorado por um trekking mais leve, convidativo a pessoas menos experientes. 

Confira aqui os roteiros para a Patagônia. 

Marrocos 

Se você planeja visitar o Marrocos mas não sabe quando, o principal fator que deve levar em consideração é a estação do ano. O inverno é chuvoso e, por vezes, frio; o verão é extremamente quente. Mas, no outono, que começa a ficar mais expressivo no mês de outubro, as temperaturas caem para uma média de 20ºC durante o dia, e 10ºC durante a noite. De repente, fazer passeios ao ar livre parece muito mais agradável.

Os roteiros no Marrocos, em geral, envolvem visitas às chamadas cidades imperiais. Todas serviram como capital do país em algum momento de sua história, e hoje são importantes pontos turísticos por conta de sua rica história e arquitetura suntuosa, com grandes palácios, jardins e mesquitas. Mas isso não é tudo: você também pode escolher entre fazer um cruzeiro no Nilo, um trekking nas montanhas nevadas dos Atlas e explorar o Deserto do Saara, seus oásis e kasbahs, para ter uma visão geral do que o Marrocos realmente é.

Confira aqui os roteiros para o Marrocos.

Indochina

Por conta de sua proximidade com o oceano e das monções que afetam a região, os meses na Indochina variam bastante em termos de clima. Viajar em outubro, porém, é presenciar a divisão de águas entre a época quente e chuvosa do verão e o clima mais seco e frio do inverno, sendo esse o meio-termo ideal.

A Indochina é a região que compreende Camboja, Laos, Vietnã, Tailândia, Myanmar e Malásia. Estar lá é ter a oportunidade perfeita de fazer uma imersão cultural no enigmático e belo Sudeste Asiático, onde a religião predominante é o budismo, a comida de rua é o que faz a fama na gastronomia, e as paisagens são diferentes de tudo que você já viu. Afinal, não é à toa que muito de seus atrativos viraram patrimônios da UNESCO. 

Confira aqui os roteiros para a Indochina.

Nepal

Outubro é o melhor mês para visitar o Nepal. Se o seu objetivo é fazer um trekking até a base de uma de suas famosas montanhas, como o Everest ou o Annapurna, o clima é ideal, a visibilidade é boa e as trilhas estão em suas melhores condições. E se você está procurando algo mais cultural, aproveite que outubro é o mês dos festivais no país! Só não se esqueça de que todos esses atrativos estarão fervilhando, afinal, essa é a época mais popular com os turistas.

O turismo que o Nepal oferece une o radical ao sereno de maneira magistral. Apesar de lá estar situada a montanha mais alta do mundo, a convivência entre hinduísmo e budismo faz da sua cultura um ótimo retiro para aqueles que buscam experiências mais espirituais. Para potencializar essa vivência, vale até conjugar esse destino com o Butão, o Tibet ou a Índia.

Confira aqui os roteiros para o Nepal.

Serra do Cipó

Se você ainda não sabe para onde viajar em outubro, talvez um destino brasileiro seja o que você precisa. A Serra do Cipó é repleta de relevos acidentados que revelam campos, picos de mais de 1600m, córregos e grutas. A época de seca nessa região vai de maio a setembro, mas em outubro o volume de chuvas ainda é baixo. Assim, essa é uma das últimas chances no ano para conseguir aproveitar tudo o que a Serra tem para oferecer.

Mas isso não quer dizer que você vai ficar distante da água durante a sua estadia aqui. A Cachoeira do Tabuleiro, o Véu da Noiva e a Cachoeira da Farofa são consideradas algumas das cachoeiras mais bonitas do Brasil. Por já ter passado a época inverno, as águas estão um pouco mais quentinhas, sendo mais convidativas para quem quer entrar nelas. Os trekkings também são indispensáveis, e em algumas travessias, como no Vale do Travessão, você pode adicionar um tom histórico ao seu passeio, avistando pinturas rupestres em meio a outras tantas belas paisagens.

Confira aqui os roteiros para a Serra do Cipó.

Roteiros de praias

Ir para a praia é sempre bom, seja qual for a ocasião. Mas, em outubro, a procura ainda é baixa, o clima é favorável e a Semana do Saco Cheio, entre os feriados de Nossa Senhora Aparecida e do Dia dos Professores, oferece uma oportunidade única de partir numa viagem divertida com as crianças.

O difícil é escolher para qual praia ir. O litoral norte de São Paulo, por exemplo, oferece roteiros que variam de viagens de 1 dia para as praias menos exploradas de Ubatuba, a caiaques oceânicos em Ilhabela. Mas se você tem mais dias livres, as praias paradisíacas do Norte e Nordeste estão sempre de braços abertos para receber mais visitantes.

Afinal, o que parece mais paradisíaco do que uma semana em Fernando de Noronha, com mergulhos, canoagem, trekking e caminhada histórica pela ilha? Ou, então, uma volta por Itacaré, com suas praias de águas cristalinas e deliciosas cachoeiras? Até o Pará pode entrar nessa lista, com os cenários amazônicos inesquecíveis que Belém, Marajó e Alter do Chão oferecem. 

Confira aqui os roteiros para o Litoral Norte de SP, e aqui para as praias paradisíacas.

Bonito 

Bonito recebe o apelido de “Caribe do Centro-Oeste” principalmente por conta de seus rios e lagos de águas azuis e límpidas, que em outubro ficam ainda mais perceptíveis por conta da época de seca que veio antes. Nesse período, os termômetros ficam entre 25ºC e 30ºC, e a umidade do ar é agradável.

Apesar de os passeios de flutuação serem os mais famosos entre os turistas, a região de Bonito é rica em cavernas, cachoeiras e outras tantas atrações para todos os gostos e idades, o que o tornam, também, um bom destino para levar as crianças. Aproveite para conhecer a Gruta do Lago Azul, uma formação calcária que guarda um lago a 100m de profundidade, fazer rafting no Rio Formoso, e, claro, observar a vida subaquática do Rio da Prata, tudo com ótima infraestrutura.

Confira aqui os roteiros para Bonito. 

Agora que você já sabe para onde viajar em outubro, não perca tempo e agende sua viagem! Para você não ter que se preocupar com a hospedagem e a programação das visitas, conte com os serviços da Pisa Trekking. Especialistas em ecoturismo, oferecemos várias opções de pacotes para o mundo inteiro. Escolha o ideal para você aqui, tire todas as suas dúvidas com nossos atendentes e curta seu passeio!

Leia mais textos sobre esses destinos:

Conheça nossos roteiros!

Assine nossa newsletter e receba nossos roteiros e novos textos do blog

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 291 outros assinantes

Deixe uma resposta