Um Natal diferente, mas cheio de significado

Assim como tudo neste ano, o Natal será diferente. As celebrações estarão restritas às pessoas que convivem em uma mesma casa, e embora a saudade da família e dos amigos seja grande, será necessário fazer sacrifícios em prol do bem comum. Mas o Natal, afinal, é isso: pensar no outro e aceitar as oportunidades de mudança e renascimento. Hoje, o Blog Vida ao Ar Livre traz uma reflexão a respeito desse período singular.

Um período de renovação

Em 2020, muitas famílias perderam entes queridos, tiveram pessoas amadas hospitalizadas e, no Natal, não estarão juntas ao redor de uma mesa como em todos os outros anos. Após tantos meses de provações, gostaríamos que as festividades de final de ano chegassem para colocar um fim à tristeza e à solidão. Mas, como os casos de COVID-19 estão aumentando novamente, será preciso ter paciência.

Isso não significa, porém, que as celebrações de Natal devam cessar completamente. O Natal, assim como outras festas e rituais, tem uma função social importante de nos conectar com a comunidade que nos circunda. Mesmo que não estejamos presentes fisicamente com os nossos familiares e amigos, o período natalino vem com uma carga de simbolismo que remete à gratidão e à solidariedade.

Neste ano, muitas pessoas decidiram enfeitar suas casas e colocar pisca-piscas em suas fachadas antecipadamente para levantar os ânimos dos vizinhos e da comunidade local como um todo. Afinal, qualquer coisa que nos faça sair da nossa rotina, nos faça parar e observar, é sempre muito bem-vindo. Já existem estudos - como este, em inglês, divulgado pela Revista de Psicologia Social - que exploram o impacto dos rituais natalinos no nosso bem-estar.

Este é um Natal atípico, mas que tem um grande potencial de nos mostrar o quanto podemos ser resilientes, adaptáveis e caridosos. E, afinal, se você mora com outras pessoas e passou a pandemia inteira em quarentena com elas, nada mais justo do que tirar um tempo para celebrar a vida. Se podemos sofrer juntos, também podemos nos divertir juntos.

Portanto, não se esqueça de também enfeitar a sua casa e de cozinhar pratos deliciosos para uma ceia diferente. Só não deixe de sempre zelar pela sua saúde e pela das pessoas que têm contato com você.

Protocolos de segurança

Como já dito anteriormente, a maneira ideal de celebrar o Natal é apenas com pessoas da sua residência. Para confraternizar com amigos e familiares que não moram com você - especialmente com idosos e aqueles que apresentam comorbidades -, é possível fazer uma festa virtual através do Zoom ou qualquer outra plataforma de vídeo. Essa é uma opção segura, confortável e flexível.

Porém, se você pretende organizar ou participar de uma festa que junte mais de uma residência, é preciso ficar atento a alguns pontos. A ventilação é a peça chave para um encontro mais seguro: privilegie os ambientes ao ar livre ou, então, os ambientes com janelas abertas e ventiladores. 

Também reduza a duração do encontro - afinal, quanto maior o tempo de exposição, maior o risco -, utilize máscaras a todo o tempo e mantenha a maior distância possível de pessoas de outros núcleos familiares. Outras dicas importantes podem ser encontradas neste artigo da BBC News Brasil, que conta com a participação de infectologistas e outros especialistas na área.

A Pisa Trekking deseja a você um Feliz Natal e um próspero Ano Novo! Esperamos poder encontrá-lo em mais aventuras no ano que vem. Especialistas em ecoturismo, nós oferecemos várias opções de pacotes para todo o mundo. Encontre o melhor para você aqui e tire todas as suas dúvidas com nossos atendentes!

Leia mais textos sobre a pandemia:

Conheça os nossos roteiros!

Assine nossa newsletter e receba nossos roteiros e novos textos do blog

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 356 outros assinantes

Deixe uma resposta