Melhor época para ir à Chapada dos Veadeiros

A Chapada dos Veadeiros é um paraíso de águas que está localizado no estado de Goiás, no coração do Brasil, e atrai visitantes do país inteiro por conta das suas famosas cachoeiras - com pelo menos 30 já catalogadas -, dos trekkings em meio ao cerrado, e da sua receptividade aos esportes radicais. Há atividades para todos os gostos. Mas, para aproveitá-las ao máximo, é importante escolher a época certa. Hoje, o Blog Vida ao Ar Livre te conta qual a melhor época para ir à Chapada dos Veadeiros. 

Período de seca: de maio a setembro

A Chapada dos Veadeiros pode ser visitada durante o ano inteiro sem muitos prejuízos à experiência do viajante. Porém, a seca é considerada a época mais indicada por motivos que você já deve imaginar: não é preciso se preocupar com chuvas durante os passeios, e nem com cabeças d’água nas cachoeiras. 

O início da estiagem, entre os meses de maio e junho, é o período mais recomendado para viagens. Isso se deve ao fato de que a vegetação ainda emite um verde exuberante, as cachoeiras ainda estão cheias, os níveis de umidade estão agradáveis, e grande parte dos turistas que aproveitam as férias escolares para viajar ainda não chegaram. 

Os dias são quentes e ensolarados, às vezes superando os 30°C. Já as noites são frescas e, no auge do inverno, podem até exigir um casaco mais robusto. Apesar de ficarem em uma média de 15°C, as temperaturas mínimas chegam a 10°C. Como consequência, as águas das cachoeiras também ficam mais frias - por outro lado, por conta da ausência de chuvas, elas também ficam mais transparentes.

À medida que a seca vai progredindo, a vegetação começa a apresentar tons de marrom, o volume das cachoeiras diminui, e o ar seco fica mais perceptível e incômodo. O auge da seca acontece nos meses de agosto e setembro, quando é comum haver queimadas e muitas cachoeiras praticamente desaparecem. 

Período de chuvas: de outubro a abril

As chuvas reaparecem no final de setembro e começam a tomar força a partir de outubro. Dos meses de chuva, esse é o mais indicado para viagens, pois ainda não há grandes temporais, as cachoeiras estão ganhando volume de novo, e a seca não incomoda mais. 

Porém, a partir de novembro, a coisa começa a ficar mais séria uma vez que as chuvas se intensificam e o risco de cabeças d’água aumenta. A cabeça d’água, também chamada de tromba d’água (apesar de esse ser um fenômeno diferente), ocorre quando há um aumento repentino no nível da água do rio por decorrência de chuvas em trechos mais altos do seu percurso. Em casos mais extremos, elas podem causar o afogamento de banhistas desavisados. 

Sendo assim, é importante ficar atento quando for viajar em épocas com índices pluviométricos mais altos. Na Chapada dos Veadeiros, o auge das chuvas acontece nos meses de dezembro e janeiro. Também é importante levar em conta que, por conta das chuvas, as águas das cachoeiras costumam ficar barrentas. 

Por outro lado, elas também ficam mais quentes, tendo em vista que as temperaturas são mais altas na primavera e no verão: as máximas ficam em torno de 30°C, enquanto as mínimas permanecem em 20°C. Isso torna o banho nas cachoeiras bem mais agradável, e o mergulho inicial bem menos “doloroso”.

Apesar da denominação “período de chuvas”, é possível viajar para a Chapada dos Veadeiros em dezembro e ainda assim não encontrar um pingo de chuva. Mas se você encontrar, não deixe isso estragar os seus passeios: saia da pousada mesmo assim e aproveite as belezas desse paraíso!

Agora que você já sabe qual a melhor época para ir à Chapada dos Veadeiros, que tal planejar uma viagem? Para isso, conte com os serviços da Pisa Trekking. Especialistas em ecoturismo, oferecemos várias opções de pacotes para a Chapada dos Veadeiros. Confira todos aqui e tire todas as suas dúvidas com nossos atendentes!

Leia mais textos sobre a Chapada dos Veadeiros:

Conheça os nossos roteiros!

Assine nossa newsletter e receba nossos roteiros e novos textos do blog

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 372 outros assinantes

Deixe uma resposta