Pisa Trekking Aventura Levada a Sério

(11) 5052-4085 • (19) 3253-0274

Receba nossos Informativos

Reserve Agora

Voltar

Amazônia - Belém, Ilha de Marajó, Alter do Chão e Amazon Juma Lodge

Cód.Roteiro:1724

Convidar Amigo Imprimir

EXPERIÊNCIAS:

  • Hotel de Selva

    Hotel de Selva

  • |
  • Praias Paradisíacas

    Praias Paradisíacas

  • |
  • Paraísos Naturais

    Paraísos Naturais

  • |
12 DIAS E 11 NOITES

Nível de dificuldade:

- Moderado -
Valor a partir de:

R$ 6.990,00

Terrestre

Gostou do Roteiro?
Solicite a sua Pré-reserva!

Solicitar

Conheça a floresta paraense e amazonense na mesma viagem!

Nossa aventura começa em Belém. Em seus mais de 400 anos de história, a cidade teve sua arquitetura fortemente influenciada pela cultura europeia, chegando a ser conhecida como Paris n’América, no início do século XX. Atualmente, apesar de cosmopolita e moderna em vários aspectos, Belém não perdeu o ar tradicional das fachadas dos casarões, dos palacetes e das igrejas do período colonial. Lá, você irá se encantar com o seu povo, sua cultura e sua gastronômica, um interessante caldeirão de misturas étnicas de origem indígena, com sabores das culturas européias.
 
Em nossa segunda etapa da viagem, visitaremos a maior ilha fluvial marítima do planeta, Marajó! Cercada pelo Oceano Atlântico e pelo rio Amazonas e seus tributários, a ilha é guardiã do maior acervo de descobertas arqueológicas de toda a bacia amazônica e abriga resquicios da cultura indígena marajoara que desapareceu misteriosamente durante o período da colonização portuguesa. Seus campos inundáveis, praias selvagens e manguezais a tornam um lugar especial para seus visitantes.
 
Partiremos para Alter do Chão, um destino especial no Pará, onde a natureza monta o seu próprio espetáculo. Localizada no coração da Amazônia, Alter do Chão, com suas praias de águas mornas, doces e verde-esmeralda, impressionam tanto, que passou a ser chamada de “Caribe Amazônico”. Cenários deslumbrantes e inesperados são constantemente revelados a cada trilha caminhada e a cada rio atravessado. A Floresta do Tapajós em si é um presente para os olhos, com suas lindas praias, igarapés e igapós. E lá, no meio de toda essa paisagem, você encontrará um pequeno povoado que, vivendo em perfeita harmonia com a natureza em sua volta, tem muito a ensinar a seus visitantes.
 
Finalmente, seguiremos para o Amazonas, para uma experiência marcante na selva, sem abrir mão do conforto. O Amazon Juma Lodge oferece uma experiência única na maior e mais famosa floresta do mundo. Construído à beira do Rio Juma, ele representa o que se entende por "viver no meio da selva". Localizado a 100 km ao sudeste de Manaus, em uma região remota e preservada, a construção do Juma Amazon Lodge é totalmente integrada à floresta, respeitando os limites do meio ambiente em sua volta. Abençoado pela sua privilegiada localização, oferece uma experiência única aos seus hóspedes. A viagem até lá já é por si só uma aventura! Ao longo do trajeto, nosso contato com a natureza vai se tornando cada vez mais profundo, com direito a passagem pelo belíssimo Encontro das Águas. Os passeios oferecem uma verdadeira imersão amazônica. Ao longo de cinco dias, iremos conhecer de perto a fauna e flora da região, contemplar cenários incríveis e entrar em contato com a realidade local dos moradores que lá vivem.
 
Certamente, uma vivência única na Amazônia!
 

Pontos de Interesse

- Conhecer três destinos paradisíacos do Pará: Belém, Marajó e Alter do Chão
- Explorar os principais pontos turísticos da cidade de Belém
- Ver de perto a produção artesanal de cerâmica e de couro das comunidades marajoaras
- Passear de canoa pelos igarapés do Marajó
- Conhecer a Floresta Nacional de Tapajós e sua espetacular fauna e flora, um presente para os olhos
- Visitar comunidades ribeirinhas do Rio Tapajós
- Hospedar-se em um dos mais premiados hotéis de selva da Amazônia
- Caminhar por diversas trilhas pela mata para conhecer as curiosidades da floresta
- Presenciar um fenômeno natural particular da Amazônia, o Encontro das Águas
 
Saídas garantidas em grupo todas às quartas-feiras e em julho, também, às segundas e sextas-feiras. Exceto feriados. 

 

Sobre a Trilha

Belém está localizada logo abaixo da Linha do Equador. Seu clima quente e úmido recebe a influência direta da Floresta Amazônica, onde as chuvas são constantes e a umidade relativa do ar está sempre na casa dos 80%. As incontáveis mangueiras existentes nas ruas da cidade ajudam a amenizar o calor, principalmente nos meses mais quentes de julho a novembro quando a temperatura pode chegar fácil aos 38ºC. Neste período, se prepare para uma eventual chuva de verão após as 14h e após as 18h.

A Ilha de Marajó possui manhãs e tardes frescas, porém, à medida que o meio do dia se aproxima, a temperatura se eleva e estabiliza entre os 36 e 38 graus. O forte vento ameniza o calor. A região nordeste da ilha, parte que visitamos neste roteiro, possui uma estação seca, nos meses de julho até dezembro – quando a paisagem se transforma, os campos ficam completamente secos e o solo rachados, como em um deserto – e uma estação chuvosa, nos meses de janeiro a junho, quando a ilha fica parcialmente inundada e forma um grande pantanal.

Santarém e Alter do Chão estão localizadas na região de Floresta Amazônica, onde o clima é quente úmido, caracterizado por altas temperaturas e forte umidade. Com grande volume de precipitação de fevereiro a julho, suas praias de água doce e parte da floresta ficam submersas. Portanto, nesse período não espere encontrar praias. As temperaturas variam de 22°C a 36°C o ano todo. O sol é forte, por isso procure manter-se sempre hidratado.

A temperatura no Juma é normalmente quente, com uma média anual ao redor de 27ºC. A região amazônica pode ser visitada durante o ano todo, com duas estações bem distintas:
ESTAÇÃO DE CHEIA – de março a agosto, os níveis das águas aumentam até 15 metros, fator ideal para se visitar os igapós, como são conhecidas as terras inundadas, em toda sua beleza.
ESTAÇÃO DE SECA – de setembro a fevereiro, o nível dos rios atinge seu ponto mais baixo, diminuindo o espaço para os peixes e tornando a pesca mais fácil, assim como a focagem de jacarés.

Dia a Dia

1º Dia – ORIGEM / BELÉM

Chegada em Belém a qualquer hora do dia, seguida de traslado e check-in no hotel escolhido. 
 
DICA: Ideal chegar em um voo até as 15h00, para poder passar o fim de tarde na Estação das Docas,  complexo cultural e de lazer instalado em galpões de ferro inglês do século 19, completamente restaurados, na margem da Baía do Guajará – a sugestão é você degustar cervejas artesanais com sabores regionais, na Amazon Beer e, em seguida, jantar no restaurante regional Lá em Casa, famoso pela organização do Festival de Gastronomia “Ver-o-Peso da Cozinha Paraense”, onde recomendamos experimentar o “corridinho de peixe”, uma degustação dos melhores peixes da Amazônia, servido em duas partes e acompanhado de sorvete de cupuaçu de sobremesa. (Deslocamentos e refeições não inclusos)
 
Pernoite em Belém
Sem refeições inclusas


2º Dia – CONHECENDO BELÉM

Ás 08h30, após o café da manhã, começamos nosso passeio por Belém com visita ao Mercado do Ver-o-Peso, aonde chega, de todas as partes do interior do Estado, produtos extraídos da floresta e dos rios da Amazônia, um grande mosaico de cores, aromas e sabores amazônicos, tão característicos do Pará.  Continuamos em caminhada pela Cidade Velha, para conhecer um dos acervos históricos e arquitetônicos mais ricos do país, passando pelas estreitas ruas onde a cidade começou até o Complexo Feliz Lusitânia, que abriga a Catedral da Sé, Casa das Onze Janelas, Forte do Castelo e Museu do Encontro , espaço que abriga peças e objetos que remetem aos primeiros moradores da cidade, além de peças de cerâmica marajoara e tapajônica, encontradas em sítios arqueológicos no interior da Ilha de Marajó e Região do Tapajós.  Continuando nosso passeio, nos deslocamos de carro até a Praça da República, para visita ao Theatro da Paz , um remanescente da época áurea do ciclo da borracha que durante boa parte do ano recebe companhias de ópera e peças de teatro do Brasil e do mundo.  Seguimos para a Estação das Docas – complexo cultural e de lazer instalado em galpões de ferro inglês do século 19, completamente restaurados, na margem da Baía do Guajará – a sugestão é você degustar cervejas artesanais com sabores regionais, na Amazon Beer, e, em seguida, almoçar no restaurante regional Lá em Casa, famoso pela organização do Festival de Gastronomia “Ver-o-Peso da Cozinha Paraense”. Lá, se não quiser usar o serviço de buffet, a sugestão  é experimentar o “corridinho de peixe”, uma degustação dos melhores peixes da Amazônia, servido em duas partes e acompanhado de sorvete de cupuaçu de sobremesa. Às 14h30, nosso carro estará aguardando para levá-lo de volta ao seu hotel. Se desejar permanecer mais tempo no local, recomendamos retornar ao hotel utilizando o serviço de taxis credenciados da própria Estação das Docas.

Às 14h30 Nosso carro estará aguardando para leva-lo de volta ao seu hotel. Se desejar permanecer mais tempo no local, recomendamos retornar ao hotel utilizando o serviço de taxis credenciados da própria Estação das Docas.

Pernoite em Belém
Café da manhã



3º Dia – PARTIDA PARA MARAJÓ / CAMPOS DE MARAJÓ

Após o café da manhã, traslado dos hotéis em Belém, para o Terminal Hidroviário de Belém, de onde partimos em direção à Ilha do Marajó. Nossa viagem durará cerca de 2h navegando pelo estuário do rio Amazonas, atravessando a região insular de Belém, depois a Baía de Marajó, até a chegada em Soure onde ficaremos hospedados. Importante: o horário de chegada previsto é as 10h30, porém por padrão o check-in nos hotéis ocorre apenas a partir das 13h. Quando houver disponibilidade no hotel escolhido poderemos fazer o check-in antecipado, mas quando isso não for possível, seu anfitrião estará pronto para antecipar algum passeio inicialmente programado para o dia seguinte. De tarde, partiremos com destino ao interior da Ilha, para visita aos campos de Marajó. Nosso objetivo é observar espécies da fauna marajoara como maguaris, garças brancas e azuis, guarás vermelhos, mergulhões, patos selvagens e muitos outros. Com um pouco de sorte poderemos avistar macacos guariba (ou bugio) e capivaras, muito comuns nessa região. Retornamos ao hotel após o pôr-do-sol. 
 
Pernoite na Ilha de Marajó
Café da manhã


4º Dia – ATELIÊ DE CERÂMICA E COURO / PASSEIO DE BARCO NO FURO MIGUELÃO

Após o café da manhã, partimos para conhecer o entorno da cidade e descobrir a Cerâmica Marajoara e os artigos de couro de búfalo. Visitamos o Ateliê de Cerâmica Marajoara do Artesão Carlos Amaral, que reproduz peças baseadas na cultura Aruan, última etnia indígena a habitar Marajó. Visitamos também o Ateliê do Artesão Ronaldo Guedes, artista contemporâneo, que reproduz peças cerâmicas baseadas nas diversas etnias indígenas que habitaram Marajó, além de peças em madeira coletada nas praias e manguezais. Por último, o  Ateliê de Couro (e curtume), local de produção artesanal de artigos em couro, tradição transmitida por gerações, que ainda mantém características originais de produção. Aproveite o tempo livre para relaxar na piscina do Hotel, enquanto esperamos a maré alta para sairmos em direção ao trapiche de nossa base, localizada na margem do rio Paracauary, de onde partimos em barco regional motorizado com destino ao Furo Miguelão, caminho pelo rio sob a floresta de mangue e floresta de igapó, construído com força humana, na primeira metade do século 20, para encurtar a navegação entre as fazendas da região. Parada para banho de rio. Retorno ao hotel em seguida e noite livre.
 
Pernoite na Ilha de Marajó
Café da manhã


5º Dia – VILA DOS PESCADORES / RETORNO PARA BELÉM

Após o café da manhã, iremos conhecer a vila de pescadores na Praia Pesqueiro. Após a visita, reservaremos o restante do dia para você curtir a manhã de sol na praia. Aproveite o tempo livre para relaxar na piscina do Hotel. Após o almoço (não incluso), traslado da pousada para o porto Camará, em Marajó, para embarque de retorno com destino à Belém. Chegada em Belém e traslado para o hotel e noite livre.
 
Pernoite em Belém
Café da manhã


6º Dia - SANTARÉM / ALTER DO CHÃO / LAGO VERDE / SERRA DA PIRAOCA / PONTA DO CURURU

De acordo com o horário do seu voo, check out dos hotéis e traslado para o Aeroporto Internacional de Belém para embarque com destino a Santarém.
 
Encontro com nosso pessoal no Aeroporto de Santarém seguido de traslado para o hotel em Alter do Chão. O tempo de deslocamento aproximado até Alter do Chão é de 1h00.

A tarde, saímos para um passeio de barco a motor pelo Lago Verde, lugar de grande beleza natural de onde, segundo conta a lenda, os índios Borari, antigos habitantes da região, retiravam pedras para a confecção do muiraquitã, um amuleto em forma de sapo. Durante os meses de fevereiro a julho, inverno amazônico, visitamos a Floresta do Caranazal, uma floresta que permanece submersa durante esse período. Durante os meses de agosto a janeiro, verão amazônico, visitamos o Igarapé do Macaco, um caminho de águas cristalinas e uma das principais nascentes do Lago Verde.

Em seguida, uma caminhada nos leva até o mirante da Serra da Piraoca, de onde temos uma vista panorâmica em 360° do Rios Tapajós e de Alter do Chão. No final da tarde navegamos pelo Rio Tapajós, até a Ponta do Cururu, uma ponta de areia lançada sobre o rio, onde assistimos ao pôr-do-sol, refletido no grande rio. É um bom momento para avistamento dos golfinhos de água doce, os botos, que costumam brincar neste lugar durante o cair da tarde. Retornamos a Alter do Chão ao anoitecer. Noite livre. 

 

Pernoite em Alter do Chão

Café da manhã



7º Dia - FLORESTA NACIONAL DO TAPAJÓS

Após o café da manhã, saímos para visita à Floresta Nacional do Tapajós (FLONA), uma reserva florestal de 600.000 hectares que abriga floresta primária, praias, comunidades tradicionais, igarapés e igapós. Chegamos à comunidade de Maguari, um povoado com aproximadamente 50 famílias, cuja economia é baseada na utilização sustentável dos recursos naturais da floresta. Não perdemos tempo e em seguida iniciamos uma caminhada de 3 a 4 horas pela floresta, onde encontramos diversas árvores imponentes, de grande valor medicinal e alimentar para as comunidades locais, nosso objetivo é chegar até a centenária e gigantesca Sumaúma. Retornamos para o almoço rústico, na casa de uma das famílias moradoras da comunidade. Após o almoço e um merecido descanso, vamos aprender um pouco sobre a produção de bolsas e outros artigos artesanais feitos do látex – o “couro vegetal” extraído das seringueiras. Para fechar nossa visita, saímos para banho no igarapé da comunidade vizinha, chamada Jamaraquá, que possui um aquário natural repleto de peixes e decorado com um jardim submerso. Retornamos a Alter do Chão no fim da tarde. Noite Livre. 
 

Pernoite em Alter do Chão
Café da manhã e almoço



8º Dia – PARTIDA PARA MANAUS

Hoje nos despediremos do Pará e seguiremos viagem para o Amazonas. Traslado para o aeroporto de Belém e embarque com destino à Manaus. Recepção no aeroporto e transfer para o hotel escolhido. Dia livre para conhecer a capital.

Opcional: City tour em Manaus: SGL: R$ 490 / DBL: R$ 280

Pernoite em Manaus
Café da manhã



9º Dia - MANAUS / JUMA LODGE / PASSEIO DE RECONHECIMENTO

Recepção no hotel entre 06h30 e 7h30 e traslado em uma lancha rápida, de Manaus até a Vila do Careiro (20 minutos), passando pelo Encontro das Águas. Depois da Vila do Careiro, vamos até o Rio Araçá, em veículo fretado (40 minutos) e é neste trecho que iniciaremos nossa experiência amazônica. Por último, pegaremos novamente uma lancha rápida para ir do Rio Araçá até o Juma Lodge, passando por furos e igarapés, além de ser o primeiro contato mais íntimo com a mata (2 horas). Depois do almoço, um passeio de reconhecimento utilizando canoas entre os igapós (na cheia) e os igarapés. Jantar e passeio para focagem de jacarés. Retorno para o Lodge e pernoite.
 
Pernoite no Juma Lodge
Pensão completa
 


10º Dia - NASCER DO SOL / CAMINHADA NA SELVA / PESCARIA

Acordamos bem cedo e, antes do café da manhã, pararemos para ver o majestoso nascer do sol em meio à vastidão da Floresta Amazônica. Depois do café, sairemos para caminhar na selva junto com um guia que nos levará de canoa a motor até os arredores em terra firme. Caminharemos em mata fechada, por lugares que ninguém passa. Durante o percurso, receberemos explicações sobre a fauna e a flora. Depois do almoço, faremos uma caminhada ao redor do hotel e embarcaremos para pescar e descobriremos mais sobre os peixes amazônicos como o tucunaré, o tambaqui e a famosa piranha. Jantar.
 
Pernoite no Juma Lodge
Pensão completa


11º Dia - PIQUENIQUE NA FLORESTA / VISITA A CASA DE CABOCLO

Após o café da manhã, realizaremos um piquenique na floresta com deliciosos pratos da culinária regional. Depois do almoço, teremos uma fascinante visita à casa de caboclos, onde conheceremos a vida e os costumes do povo ribeirinho. Jantar e pernoite. 
 
Pernoite no Juma Lodge
Pensão completa


12º Dia - JUMA LODGE / MANAUS / ORIGEM

Após o café da manhã, retornaremos a Manaus com chegada prevista até as 12h. Embarque com destino à origem. Recomendamos voos após às 15h.
 
Sem pernoite
Café da manhã
 
***A programação acima poderá sofrer modificações devido a fatores climáticos, de acesso ou que possam interferir na segurança dos participantes.


Datas e Preços

Calendário

Datas

Status

A Partir de

 

21/11/2018

Saída Garantida

R$ 6.990,00
Terrestre

Faça sua pré-reserva

12/12/2018

Saída Garantida

R$ 6.990,00
Terrestre

Faça sua pré-reserva

PREÇO POR PESSOA – SOMENTE TERRESTRE - EM R$

LOCAL

HOSPEDAGEM

SGL

DBL

TPL

Belém
Ilha de Marajó
Alter do Chão
Manaus
Amazônia

Hotel Manacá ou Belém Soft In
Paracauary Eco Pousada
Beloalter Hotel
Go In Manaus
Juma Lodge (Bangaló Vista Floresta)

8.870

6.990

6.290

Belém
Ilha de Marajó
Alter do Chão
Manaus
Amazônia

Hotel Quinta de Pedras (Standard)
Hotel Casarão da Amazônia (Garden Suíte)
Beloalter Hotel
Go In Manaus
Juma Lodge (Bangaló Vista Rio)

9.990

7.790

-

Belém
Ilha de Marajó
Alter do Chão
Manaus
Amazônia

Hotel Quinta de Pedras (Standard)
Hotel Casarão da Amazônia (Garden Suíte)
Pousada Boutique Vila de Alter (Bangalô Junior)
Hotel Villa Amazônia (Standard)
Juma Lodge (Bangaló Vista Rio)

10.980

8.240

-

Valores válidos a partir de 1 cliente, para viagens com saídas às quartas-feiras até 22/12/18. Exceto feriados. 
 
* Consulte valores para saídas privativas em qualquer dia da semana.
 

ADICIONAL AÉREO - ORIGEM X BELÉM X SANTARÉM X MANAUS x ORIGEM - VALORES EM R$

CIA. AÉREA

VALOR A PARTIR DE

Gol / Tam / Azul

consulte

Informações gerais:
* O roteiro está sujeito à confirmação quanto à disponibilidade de vagas de todos os serviços locais e poderá sofrer reajustes de valores na parte aérea ou terrestre. Confirmar o valor do pacote com seu agente de viagens.
* A programação acima poderá sofrer modificações devido a fatores climáticos, de acesso ou que possam interferir na segurança dos participantes.
* Os valores citados nas tabelas acima estão sujeitos a alterações e disponibilidade no ato da reserva.
* Consulte-nos para outras opções de hospedagens.
* Menores desacompanhados terão que apresentar carta dos pais feita em próprio punho e com firma reconhecida em cartório.
* As tarifas das Cias. Aéreas estão sujeitas a constantes mudanças, por ser essa uma estratégia do mercado. Certifique-se no dia do pagamento do seu pacote, se a tarifa informada pode ser confirmada. Somente a emissão do bilhete, garante a tarifa.
 
Formas de pagamento:
 
Cheque
6x sem juros em cheques pré-datados.
5x sem juros até 30 dias antes do embarque.
(30% na 1ª parcela e o restante em parcelas de igual valor).
* Aceitamos somente cheque do próprio viajante.
 
Cartão
Visa, American Express e Mastercard - Entrada + 3x sem juros.
(Entrada de 30% em cheque ou depósito e o restante em até 3x iguais no cartão).
*** para clientes estrangeiros, consultar condições de pagamento.
*** for foreign clients consult payment rules.
 
Cancelamentos
Em caso de cancelamento por parte do cliente, serão abatidos os valores referentes à taxa administrativa e a multa de cancelamento da companhia aérea, e sobre o valor restante pago incidirão as seguintes taxas de cancelamento que serão rigorosamente cobradas:
 
Parte terrestre
Cancelamento até 30 dias do início da viagem: multa de 10% do valor total
Cancelamento entre 29 e 21 dias do início da viagem: multa de 20% do valor total
Cancelamentos com 20 ou menos dias do inicio da viagem: percentuais superiores aos acima referidos, desde que correspondentes a gastos efetivamente comprovados pela agência perante a EMBRATUR, efetuados em decorrência da desistência do usuário.
 
Parte aérea: Taxa ou multa de cancelamento cobrada pelas Companhias Aéreas para os bilhetes em questão.

O que está Incluso

Inclui:
- Seguro Viagem
- Brinde Especial Pisa Trekking
 
Inclui - No Pará
- Traslados Aeroporto / Hotel / Aeroporto
- 3 pernoites em Belém no hotel escolhido c/ café da manhã
- 2 pernoites na Ilha de Marajó no hotel escolhido c/ café da manhã
- 2 pernoites em Santarém/Alter do Chão no hotel escolhido c/ café da manhã
- Todos os passeios descritos na programação, ingressos e taxas onde houver cobrança.
- Passagens fluviais Belém/ Marajó/ Belém, em classe turística, quando disponível. 
- Guia local falando português/inglês

Inclui - No Amazonas
- Traslados Aeroporto Manaus / Hotel / Juma / Aeroporto Manaus
- 1 pernoite em Manaus com café da manhã
- 3 noites de hospedagem no Juma Lodge com pensão completa
- Passeios citados no roteiro
- Guia Local
 
Não Inclui:
- Passagens aéreas
- Bebidas
- Despesas de ordem pessoal
- Itens não mencionados no roteiro

O que levar

Camisetas de manga curta e comprida
Calça leve adequada para caminhadas
Shorts e roupa de banho
Malha fina para noites mais frias
Meias extras
Chinelos
Calçado confortável
Lanterna
Chapéu ou boné
Repelente (Exposis e/ou outros comuns)
Protetor solar
Óculos escuros
Capa de chuva
Binóculos (opcional)
Câmera com baterias extras
Medicamentos pessoais (antialérgicos, etc.)
Mochila de ataque para os passeios
Cantil
 
- Sugere-se que as roupas para a mata sejam em tons neutros como verde escuro e bege
 
- Por questão de espaço durante o traslado, recomendamos não trazer bagagem acima de 10 kg.
 
- Como medida profilática em relação à malária, recomendamos a aplicação de repelente nas partes expostas do corpo e usar roupas que cubram braços e pernas 

 

Informações Importantes

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA
 
BRASILEIROS - no momento do embarque apresentar documento de Identidade original, em perfeito estado e emitido há no máximo 10 anos (não são aceitas carteiras profissionais, OAB, CREA , etc ou fotocópias).
 
ESTRANGEIROS - no momento do embarque apresentar RNE original ou passaporte.
 
MENORES - em companhia dos pais - necessitam apenas de identidade original ou Passaporte e identidade; - em companhia de apenas um dos pais ou outra pessoa ou desacompanhado - necessitam também além do documentos mencionados acima, de autorização escrita com firma reconhecida por autenticidade em cartório de notas escrita pelo pai ou mãe que não está viajando e com foto (3x4 ou 5x7) do menor, autorizando expressamente o pai ou a mãe ou outra pessoa que está viajando em companhia do menor (autorização em 2 vias) e mais 2 cópias do documento de identidade (RG ou passaporte) do menor, ou uma autorização judicial. Outros casos especiais, favor consultar antes do embarque o juizado de menores sobre a documentação necessária.
 

Transporte

Os traslados e passeios terrestres são realizados em station wagons, vans ou mini vans privativas, de acordo com o tamanho do grupo, exceto no Marajó, em que poderão eventualmente ser utilizados veículos de linha climatizados. O transporte fluvial é de linha regular, do tipo regional, sendo barco, navio, lancha ou ferryboat, de responsabilidade das empresas que detém a concessão dos respectivos serviços, não espere encontrar conforto nos transportes públicos.

NO PARÁ:

Dinheiro para despesas

Despesas pessoais: Quanto você gasta, obviamente é uma questão pessoal. Se você quiser comprar muitas lembranças, ou se você desejar tomar algumas taças de vinho durante o jantar, recomendamos que você traga muito mais do que a média recomendada neste documento.

Cartões de crédito e débito podem ser bastante usados em sua viagem enquanto estiver na capital, mas ao sair dela, o ideal é ter algum dinheiro disponível. Na Ilha de Marajó só existem caixas eletrônicos do Banco do Brasil e Banco da Amazônia, além de agências postais do Bradesco e casas lotéricas da Caixa Exonômica.

Em Alter do Chão até a edição deste roteiro não havia caixas eletrônicos, há caixas somente em Santarém, a 36 km de distância do seu hotel, certamente você não vai desejar perder um passeio porque precisa sacar algum dinheiro, portanto faça isso ao chegar no aeroporto.

Desse modo não confie nos cartões de crédito e débito como sua única fonte de dinheiro, o ideal é combinar cartões e dinheiro, mas não traga muito durante os passeios, opte por deixar o excedente no cofre do hotel.

Orçamento: Os cafés da manhã estão incluídos. Em geral, reserve de R$15,00 a R$35,00 para as demais refeições não incluídas e de R$5,00 a R$15,00 por dia para bebidas leves e degustações durante a viagem.

Clima

Belém está localizada logo abaixo da linha do equador, seu clima quente e úmido, recebe a influência direta da floresta amazônica, onde as chuvas são constantes e a umidade relativa do ar está sempre na casa dos 80%. As incontáveis mangueiras existentes nas ruas da cidade ajudam a amenizar o calor, principalmente nos meses mais quentes de julho a novembro quando a temperatura pode chegar fácil aos 38º C. Nesse período se prepare para uma eventual chuva de verão após às 14h00 e após as 18h00.

A Ilha de Marajó possui manhãs e tardes frescas, porém à medida que o meio do dia se aproxima, a temperatura se eleva e estabiliza entre os 36 e 38 graus, o forte vento ameniza o calor. A região nordeste da ilha, parte que visitamos neste roteiro, possui uma estação seca, nos meses de julho até dezembro – quando a paisagem se transforma, os campos ficam completamente secos e o solo rachados, como em um deserto – e uma estação chuvosa, nos meses de janeiro a junho, quando a ilha fica parcialmente inundada e forma um grande pantanal.

Santarém e Alter do Chão estão localizadas na região de Floresta Amazônica, onde o clima é quente úmido, caracterizado por altas temperaturas e forte umidade, com grande volume de precipitação de Fevereiro à Julho, época em que as praias de água doce e parte da floresta ficam submersas. Portanto, nesse período não espere encontrar praias. As temperaturas variam de 22° C a 36° C o ano todo. O sol é forte, por isso procure manter-se sempre hidratado.


NO JUMA LODGE:

- O Juma está localizado numa região de água negra, então a proliferação de mosquitos é muito pequena.  
- As contas do bar só podem ser pagas em dinheiro. Não aceitamos cartão de crédito no hotel.
- Por questão de espaço durante o traslado, recomendamos não trazer bagagem acima de 10 kg.
 
SUSTENTABILIDADE
- Um dos maiores feitos do Amazon Juma Lodge é que 90% do quadro de funcionários são da comunidade local;
- Capacitação de sua equipe com palestras e cursos específicos;
- Possuem energia solar fotovoltaica;
- Aquecimento solar de água;
- Reciclagem e central de resíduos;
- Prêmio de Sustentabilidade do Guia 4 Rodas de 2014;
- Promove eventos e leilões de doações para ajuda das comunidades locais;
- Sistema de tratamento de esgoto.
 
EXTENSÕES
 
City Tour - Roteiro Cultural
Passagem pelo centro antigo, visita ao Porto Flutuante, Mercado Municipal, Teatro Amazonas e Palácio Rio Negro. Inclui: entradas nas atrações, transporte em veículo privativo e guia local nos idiomas português/inglês/espanhol.
 
City Tour - Roteiro Científico
Passagem pelo centro antigo, visita ao Porto Flutuante, Mercado Municipal, Teatro Amazonas, CIGS e Bosque da Ciência. Inclui: entradas nas atrações, transporte em veículo privativo e guia local nos idiomas português/inglês/espanhol.
 

VOCÊ TAMBÉM VAI CURTIR