Responsabilidade de Todos no Controle da Pandemia

Com o final de ano chegando, todos queremos aquela merecida semana de lazer e descanso. Sair para respirar o ar puro, reencontrar parentes e amigos, e combater a onda de sedentarismo que permeou os meses de quarentena. É até uma questão de saúde física e mental. Contudo, é preciso lembrar que a pandemia não acabou, e que todos somos responsáveis por controlar a propagação da COVID-19. Hoje, o Blog Vida ao Ar Livre discute como equilibrar essas duas realidades.

A importância das atividades ao ar livre

Durante o isolamento social, muitas pessoas sucumbiram ao sedentarismo e ao consumo exagerado de alimentos industrializados, deixando de lado os hábitos saudáveis que vinham cultivando antes da quarentena. Assim, não é difícil de encontrar tanto adultos como crianças que tenham ganhado peso durante esse período.

Segundo um artigo da Folha Vitória, um em cada cinco brasileiros são obesos, e mais da metade da população está acima do peso normal. E a obesidade, por sua vez, é uma das condições que mais impulsionam a gravidade de quadros de COVID-19, gerando complicações em pessoas de todas as idades. 

As atividades ao ar livre, porém, atuam na contramão dessa tendência, tendo em vista que o contato com a natureza alivia os sintomas de ansiedade e depressão - que geralmente são responsáveis por esses hábitos não-saudáveis - e fazer exercícios ao ar livre costuma ser mais estimulante do que fazê-los dentro de casa, onde frequentemente não há um espaço adequado. 

O contato com a natureza também é essencial para as crianças, que durante a quarentena ficaram principalmente em frente à tela do computador e se divertindo apenas com jogos online. Esse contato estimula as suas habilidades físicas e cognitivas, exercitando a sua autonomia e curiosidade, e criando um senso de respeito e cuidado com o meio ambiente.

Inclusive, para quem deseja se aprofundar mais na importância da natureza para o desenvolvimento físico, intelectual e emocional das crianças, indicamos assistir ao filme “O Começo da Vida 2: Lá Fora”, disponível na Netflix, que discute mais como essa mudança de atitude pode revolucionar o nosso futuro.

Atitudes que promovem a segurança

Mas para que as atividades ao ar livre possam ser realizadas, todos nós precisamos entender o nosso papel no cumprimento das medidas de segurança contra a COVID-19. Está chegando a temporada de férias, o verão no Brasil, e as festas de fim de ano, mas isso não é indicativo de que o vírus esteja se tornando menos contagiante.

Por isso, é preciso se ater a alguns cuidados básicos, como sempre utilizar máscaras, evitar aglomerações, e higienizar as mãos constantemente. Assim, também faz sentido evitar o compartilhamento de objetos como celulares - afinal, em viagens a passeio é muito comum ouvirmos e proferirmos a frase “tira uma foto pra mim?”, geralmente direcionada a desconhecidos. 

E falando em desconhecidos, como não é possível saber se as pessoas que encontramos por aí estão se cuidando, prefira viajar em grupos pequenos e com pessoas que você conhece, priorizando passeios ao ar livre. De preferência, faça o teste RT-PCR antes da viagem, isso trará maior segurança para você e para os outros. Também escolha pacotes que incluam seguro viagem, e certifique-se das coberturas disponíveis.

Quando for comer em um restaurante, fique atento às medidas de segurança. Restaurantes devem ter mesas com pelo menos 1m de distância entre si; cardápios online ou feitos de material higienizável; álcool gel disponível em abundância; e mesas e cadeiras higienizadas entre um cliente e outro. Já nos hotéis e pousadas, cabe perguntar se existe a opção de tomar o café da manhã dentro do quarto. 

Respeite o espaço de outras pessoas, mantendo uma distância de pelo menos 1m em caminhadas e filas. E se vir alguém desrespeitando os protocolos de segurança, lembre-o que a pandemia ainda não acabou e se quisermos seguir em frente, precisamos ser responsáveis. 

Por fim, embora o final de ano seja uma época tentadora, prefira viajar mais para frente, fora da alta temporada. E se nos dias antes da viagem você estiver sentindo qualquer sintoma da COVID-19, como febre ou dificuldade para respirar, remarque o seu passeio. Afinal, o sonho de viajar não se cancela, só se adia.

Agora que você já se lembrou dos cuidados necessários para realizar uma viagem durante a pandemia, que tal começar a planejar o seu próximo passeio? Para tanto, conte com os serviços da Pisa Trekking. Especialistas em ecoturismo, oferecemos várias opções de pacotes para todo o mundo. Encontre o melhor para você aqui e tire todas as suas dúvidas com nossos atendentes!

Leia mais textos sobre viagens na pandemia:

Conheça os nossos roteiros!

Assine nossa newsletter e receba nossos roteiros e novos textos do blog

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 372 outros assinantes

Deixe uma resposta