Destinos internacionais abertos para brasileiros

Com o avanço da vacinação contra COVID-19 no Brasil, cada vez mais países ao redor do mundo estão abrindo suas fronteiras para a entrada de brasileiros. Os requisitos e os protocolos de biossegurança contêm algumas diferenças entre si, mas em geral envolvem a apresentação de um exame RT-PCR negativo. Confira os destinos internacionais abertos para brasileiros!

Egito

A entrada no Egito é possível através da apresentação de um exame PCR negativo realizado até 96 horas antes da chegada no país, e do preenchimento de um formulário de saúde e imigração durante o voo, além da documentação tradicional como visto e certificado de vacinação contra a febre-amarela. Não há exigência de quarentena.

Ao viajar para o Egito, porém, é preciso se atentar às escalas que ocorrem na Europa, pois nem todos os países europeus estão permitindo a entrada de brasileiros. Países como a Turquia, porém, que não permitem o ingresso de brasileiros no território nacional, ainda permitem o trânsito pela área internacional do aeroporto para aqueles que pretendem seguir viagem.

Costa Rica

A entrada na Costa Rica está permitida para todos os países, e a apresentação do exame PCR negativo não é obrigatória. Porém, é necessário preencher o Passe de Saúde 48 horas antes do embarque, e também apresentar um seguro-viagem com cobertura de gastos para COVID-19.

Aqui também é preciso ficar atento quanto às escalas, tendo em vista que não existem voos diretos do Brasil para a Costa Rica, e países como os Estados Unidos, onde geralmente ocorre a troca de aeronave, não estão aceitando brasileiros nem mesmo nos aeroportos. 

Maldivas

A reabertura das Ilhas Maldivas para o turismo ocorreu em julho de 2020, e desde então o país vem recebendo viajantes do mundo inteiro. Aqui é necessário apresentar um exame RT-PCR realizado até 96 horas antes do embarque, preencher um formulário de saúde 24 horas antes da viagem, e apresentar uma reserva de hospedagem antecipada em um hotel autorizado pelo governo.

Embora as Maldivas sejam um destino de luxo, houve um grande aumento de buscas pelo destino em relação ao ano passado, enquanto a média do preço da passagem caiu em 8% durante o mesmo período. Por possuir praias privativas e hotéis que tem suas próprias ilhas, o lugar se consolidou como o perfeito refúgio de pandemia. Em geral, para ir de São Paulo a Malé, sua capital, é preciso fazer uma escala no Catar, que também permite o trânsito de brasileiros nos aeroportos.

Colômbia

No dia 13 de maio de 2021, a Colômbia reabriu as suas fronteiras para os brasileiros. A entrada no país exige a apresentação de um exame RT-PCR negativo realizado 96 horas antes do embarque, o preenchimento de um formulário 24 horas antes do voo, e, caso sejam realizadas viagens domésticas na Colômbia, o download do aplicativo Coronapp no celular.

Vale lembrar que, para o voo de retorno ao Brasil, também é preciso apresentar um exame PCR negativo realizado 72 horas antes do embarque. A Colômbia foi um dos primeiros países a receber o certificado de biossegurança turística, que garante o cumprimento de normas sanitárias contra COVID-19.

México

O México se tornou um destino de interesse dos brasileiros que pretendiam passar as férias no exterior, tendo em vista que esse é um dos únicos países que não exige apresentação de exame PCR negativo ou realização de quarentena na chegada. O único requisito é preencher um questionário eletrônico de saúde 12 horas antes do embarque.

O país também se tornou um destino visado para quem precisa cumprir quarentena antes de seguir para os Estados Unidos, que atualmente proíbe a entrada de qualquer pessoa que tenha passado pelo Brasil ao menos 14 dias antes da viagem. Por isso, para entrar no território americano legalmente, é preciso fazer o isolamento em algum país que não esteja vetado pelo seu governo.

África do Sul

A África do Sul reabriu para todos os países do mundo, inclusive o Brasil. Na entrada é preciso apresentar um exame RT-PCR negativo realizado no máximo 72 horas antes da viagem, e também é necessário preencher um questionário online até 48 horas antes da chegada no país.

O continente africano é o que mais tem países que permitem a entrada de brasileiros. Além de África do Sul e Egito, também há Tanzânia, Zimbabwe, Zâmbia, Botswana, Quênia, e outros onde o turismo se concentra principalmente nos safari camps e na observação de animais. 

Equador

No Equador, a entrada de brasileiros é permitida mediante a apresentação de um exame RT-PCR realizado até 72 horas antes do embarque, ou certificado de vacinação para COVID-19, ou ainda um certificado de recuperação de COVID-19 assinado por um médico. Também é necessário preencher uma declaração de saúde antes de adentrar o país.

As Ilhas Galápagos, pertencentes ao Equador, também já voltaram a receber visitantes. Recentemente, o destino virou notícia por conta do desmoronamento do Arco de Darwin, um dos principais atrativos naturais do arquipélago, localizado em uma das melhores regiões de mergulho para observação de tubarões e cardumes do mundo.

Agora que você já sabe quais destinos internacionais estão abertos para brasileiros, que tal começar a planejar sua viagem? Para você não ter que se preocupar com a hospedagem e a programação das visitas, conte com os serviços da Pisa Trekking. Especialistas em ecoturismo, oferecemos várias opções de pacotes para o mundo inteiro. Escolha o ideal para você aqui e tire todas as suas dúvidas com nossos atendentes!

Leia mais textos sobre esses destinos:

Conheça os nossos roteiros!

Assine nossa newsletter e receba nossos roteiros e novos textos do blog

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 374 outros assinantes

Um Comentário em: “Destinos internacionais abertos para brasileiros

Deixe uma resposta