Tudo o que você precisa saber sobre Santo Amaro e Atins, no Maranhão

Santo Amaro e Atins são duas das cidades-base dos Lençóis Maranhenses. Menos populares do que Barreirinhas, elas apresentam uma infraestrutura menor e são menos movimentadas. Porém, elas têm suas próprias vantagens: Santo Amaro é conhecida por ter as lagoas mais bonitas entre as três cidades-base, e Atins é famosa por seus camarões e pela prática de kitesurfe. Para saber mais, o Blog Vida ao Ar Livre te explica tudo sobre Santo Amaro e Atins, no Maranhão. 

Santo Amaro

Santo Amaro é a entrada oeste para o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. Por muitos anos, o acesso ao município era considerado difícil, tendo em vista que não havia transporte público que chegasse lá, e apenas carros 4x4 conseguiam atravessar as suas estradas de areia. Recentemente, porém, a estrada foi asfaltada, permitindo que carros de passeio fizessem a viagem.

Santo Amaro é uma ótima aposta para quem quer aproveitar o que os Lençóis Maranhenses têm de melhor. A cidade está praticamente dentro do parque, e com uma hora de caminhada, já é possível mergulhar em algumas lagoas, que são os principais atrativos da região. De fato, Santo Amaro é conhecida por ter as lagoas mais belas dentre as três cidades-base.

O Circuito das Lagoas das Emendadas é considerado um dos melhores passeios e a maneira mais fácil de conhecer o lado mais bonito do parque. As suas dunas são grandiosas, e suas lagoas estão praticamente sempre cheias e coloridas. O trajeto até lá exige deslocamento por veículos 4x4, e mais 2 horas de caminhada, totalizando 4 horas de caminhada ida e volta. Pode parecer bastante, mas os mergulhos ao longo do caminho ajudam a eliminar o cansaço.

As lagoas mais acessíveis de Santo Amaro são as lagoas da Andorinha e da Gaivota, que podem ser visitadas no mesmo dia. E para quem quer sair da rotina dos deslocamentos em 4x4, é possível fazer um passeio até a Lagoa América, acessível por barco ou lancha em um trajeto que passa por uma área alagada nos arredores da cidade, e que faz dela um destino exclusivo e pouco visitado.

Uma das grandes vantagens de Santo Amaro é o fato de que suas lagoas são grandes e profundas, o que significa que, mesmo no início da época de seca, entre setembro e outubro, elas ainda estão cheias e podem ser aproveitadas.

O município de Santo Amaro oferece pousadas de padrão simples e não possui  restaurantes requintados. Por ser um lugar bem pequeno, dificilmente uma pousada estará mal localizada. Há mercadinhos, lanchonetes, farmácias, uma praça central e um rio onde é possível se refrescar no final do dia. Apesar de ser um lugar simples, mantimentos básicos podem ser facilmente encontrados. 

Atins

Atins está localizado no lado leste do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, na divisa com o mar. O acesso ao vilarejo também é limitado, sendo necessário pegar uma lancha ou um 4x4 saindo de Barreirinhas para alcançá-lo. Porém, é justamente essa limitação que faz com que o destino preserve o seu ar paradisíaco e exclusivo, que o torna parecido com Jericoacoara de tempos passados.

Atins é um destino interessante por oferecer lagoas e praias no mesmo lugar, e ambos serem facilmente acessíveis a pé - o vilarejo está à beira-mar, e para chegar às lagoas, uma caminhada de uma hora geralmente basta. Assim, você não precisa sempre depender de veículos 4x4 para poder aproveitar a região. 

Interessados em esportes radicais encontram em Atins as condições ideais para a prática de kitesurfe, que consiste no manejo de uma “pipa” sobre uma prancha para se deslocar sobre a água. A intensidade e constância do vento favorecem a atividade, especialmente em praias como Canto de Atins, mas tornam as águas um pouco hostis para banhos ou mergulhos - para essa finalidade, a Praia de Atins é mais indicada. 

Dentre as lagoas que podem ser visitadas a partir do vilarejo, destacam-se a Lagoa Tropical, a Lagoa da Capivara e a Lagoa das Sete Mulheres, sendo que essas duas últimas podem ser alcançadas a pé. Todas contam com dunas formosas, águas cristalinas, e oferecem verdadeiros espetáculos durante o pôr do sol. 

Outro ponto de interesse do vilarejo de Atins é o seu famoso camarão, feito na brasa e servido com um “molho secreto”. São dois restaurantes que oferecem a iguaria: o Restaurante da Luiza e o Restaurante do Antônio, localizados entre as dunas e o mar. Um prato para duas pessoas, contando com camarão, arroz, feijão, farofa e salada de tomate, custa em média R$ 80,00. Apesar do camarão ser imperdível, também é possível pedir outros pratos com peixe, frango e carne de sol, por exemplo.

Assim como Santo Amaro, Atins não é grande, e a oferta de pousadas não é ampla. Porém, é preciso se atentar a alguns detalhes na escolha da hospedagem, tendo em vista que algumas pousadas não possuem chuveiro com água quente ou ar condicionado. Há poucos bares e restaurantes, os mercados são pequenos, e as ruas são de areia fofa. Uma curiosidade é que, para se locomover, é possível chamar quadriciclo “uber” que cobra R$ 20,00 por pequenos trechos, ou alugar um para usar ao longo do dia inteiro. 

Foto: Blog do Restaurante da Luiza

Agora que você sabe tudo sobre Santo Amaro e Atins, no Maranhão, que tal começar a planejar a sua próxima viagem? Para tanto, conte com os serviços da Pisa Trekking. Especialistas em ecoturismo, oferecemos várias opções de pacotes para os Lençóis Maranhenses. Confira todos aqui, e tire todas as suas dúvidas com nossos atendentes!

Leia mais textos sobre os Lençóis Maranhenses:

Conheça os nossos roteiros!

Assine nossa newsletter e receba nossos roteiros e novos textos do blog

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 372 outros assinantes

Um Comentário em: “Tudo o que você precisa saber sobre Santo Amaro e Atins, no Maranhão

Deixe uma resposta