Viagem no Egito: Cruzeiro no Rio Nilo

Se na Antiguidade o Rio Nilo era motivo de disputas para uso na agricultura e no transporte, hoje o maior conflito é saber se ele ou o Rio Amazonas são os maiores do mundo. A grande verdade é que sua importância histórica é incomparável, pois às suas margens o Egito Antigo existiu por mais de 2 mil anos. Uma das experiências mais incríveis é navegar pelas suas águas e conhecer tudo que foi se desenvolvendo às suas margens. Por isso, hoje, o Blog Vida ao Ar Livre te mostra como é um cruzeiro no Rio Nilo.

Como fazer um cruzeiro no Rio Nilo?

Com 6.853km, seria impossível fazer um cruzeiro por todo o Nilo. Isso porque ele cruza mais de dez países (Sudão, Sudão do Sul, Etiópia, Uganda, Congo, Quênia, Tanzânia, Ruanda, Burundi, Eritreia e, é claro, o Egito). Isso sem contar que no Sudão, ele se divide em duas vertentes (Nilo Branco e Azul).

Por isso, as rotas costumam se restringir aos 180km entre Luxor e Aswan. Nesse trecho, há uma boa concentração de sítios arqueológicos que deixam a paisagem ainda mais bonita. Para isso, você pode até pegar um trem, mas como a infraestrutura deixa muito a desejar, normalmente voamos de Cairo para uma das duas cidades.

Isso porque há duas opções para se fazer o cruzeiro. Você pode ir de Luxor a Aswan, em quatro dias, ou de Aswan a Luxor, em três. Não há necessidade de fazer ida e volta, porque as paradas serão as mesmas. A diferença é que no segundo caso você terá menos tempo para cumprir o trajeto. Então, nossa recomendação é fazer tudo com mais calma.

cruzeiro no rio nilo

Como é o navio de um cruzeiro no Rio Nilo?

Existem vários níveis. Para contar com os melhores serviços e visuais, a Pisa oferece navios cinco estrelas e bastante seguros. Além de contar com todas as refeições, dependendo do navio, você tem até varanda no seu quarto. Em outros, uma janela larga já dá conta.

De qualquer forma, em todos você terá decks comuns para contemplar ébanos, seringueiras, bambus, tartarugas de casco mole e crocodilos. Já para as construções que encontrar pelo caminho, teremos um egiptologista a bordo para explicar todas os detalhes dessa rica civilização.

Já para relaxar, alguns navios têm piscina, discoteca, sala de ginástica, deck para sol, e um bar repleto de cervejas egípcias e o maravilhoso suco de hibisco. Opções ótimas para recuperar as energias no final do dia. Mas não se prenda demais a isso. Observe o que acontece à volta. Por exemplo, na Comporta de Esna, enquanto esperamos o nível de água se igualar ao do outro lado, não perca a gritaria de vendedores jogando roupas de seus barcos para dentro do navio na busca de compradores.

cruzeiro no rio nilo

Quais são os atrativos do cruzeiro no Rio Nilo?

Além da fauna e flora, enquanto percorre o rio, você passa por diversas construções imponentes. Talvez o mais famoso seja a Tumba de Tutankamón, no Vale dos Reis. Apesar dele não ter sido um faraó tão relevante em sua época, para a arqueologia ele é o mais importante! Sua tumba foi a única encontrada intacta com escritos, pedras preciosas, tecidos e outras raridades.

Mas quando falamos da região, o grande destaque mesmo são os templos. Os mais famosos: o de Luxor, de Karnak, de Edfu, de Kom Ombo e da Rainha Hatshepsut. Cada um com sua particularidade: seja uma estátua ou obelisco diferente, uma esfinge ou painel de hieróglifos peculiar, ou mesmo um desenho arquitetônico mais chamativo.

Templo da Rainha Hatshepsut

Que você pode estender numa viagem até Abu Simbel, onde quatro grandes estátuas do faraós Ramsés II protegem sentados a entrada do templo. E apesar dele ter sido transportado pela Unesco para evitar seu alagamento no antigo local, é normal se perguntar como todas essas pedras eram empilhadas milênios atrás. Para isso, vale passar também pelo canteiro de obras de granito inacabado e montar um quebra-cabeça imaginário de como as coisas funcionavam.

De qualquer forma, todos pontos obrigatórios. De verdade, no Egito não existe aquela sensação de estar vendo uma mesma coisa bonita repetidas vezes. Tudo é de fato bonito, mas basta procurar as fotos no Google para ver que cada construção é bastante única. Se quiser conhecer em mais detalhes esses e outros atrativos do Egito, leia esse texto aqui.

abu simbel

E para aproveitar melhor a experiência, conte com os serviços da Pisa Trekking. Não só oferecemos os guias locais mais atenciosos e cheios de informação, como também você não vai precisar se preocupar com a logística entre as cidades. Basta relaxar e curtir a viagem com conforto e segurança. Confira aqui todos os roteiros que fazemos no Egito e tire todas as suas dúvidas com nossos atendentes.

 

Leia outros textos sobre África:

CONHEÇA NOSSOS ROTEIROS!

Assine nossa newsletter e receba nossos roteiros e novos textos do blog

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 299 outros assinantes

Deixe uma resposta