Dicas para viajar tranquilo na alta temporada

Atrativos cheios, preços altos, poucas vagas… Tudo isso cheira a alta temporada. Mas, por outro lado, aquele clima de comemoração com amigos e família é só o final de ano que proporciona, quando todo mundo está de férias e pronto para se divertir. Quer aprender a contornar os aspectos negativos para poder curtir os positivos? Hoje, o Blog Vida ao Ar Livre te dá dicas para viajar tranquilo na alta temporada. 

Agende com antecedência

Isso vale tanto para voos quando para hotéis. Reservando a sua viagem com antecedência, você garante melhores preços e disponibilidade local, principalmente em períodos como o final de ano, por exemplo, quando pessoas de todo o mundo decidem viajar. 

Mas quando, exatamente, você deve comprar as suas passagens aéreas? 

Voos domésticos geralmente têm uma flutuação de preços maior, chegando nos valores mais baixos entre três meses e um mês antes da viagem. Mas não pense que, quanto antes você comprar as passagens, melhores estarão os preços: um estudo conduzido pela empresa Kayak descobriu que seis meses antes da data do voo, as passagens estavam 20% mais caras do que o normal.

Já para voos internacionais, o tempo de planejamento deve ser maior. Isso significa que, aqui, a partir de três meses os preços já começam a subir. É verdade que nem todas as companhias aéreas funcionam da mesma forma, mas, em geral, é melhor começar a pesquisar com mais de três meses de antecedência. 

Aeroporto em Arequipa, Peru.

Documentos e vacinas

Antes de viajar, é sempre bom dar uma olhada na papelada para ver se está tudo certo, para evitar imprevistos desagradáveis quando você chegar no embarque ou na alfândega de um lugar desconhecido. 

Assim, tenha certeza de que o seu passaporte tem uma validade de no mínimo 6 meses, e de que o seu RG foi emitido há menos 10 anos e está com um bom estado de conservação. Sempre que possível, leve também cópias coloridas de todos esses documentos.

Além disso, certifique-se que tomou as vacinas recomendadas para seu destino de viagem; caso necessite de vacina contra febre amarela, será preciso apresentar o certificado internacional, não esqueça de levá-lo na viagem.

Foto: Reprodução - Anvisa

Sempre chegue cedo

Durante a alta temporada, a tendência é que tudo fique cheio: as filas estão mais longas, as ruas estão mais congestionadas, e os check-ins nos aeroportos estão mais devagar. A ideia de colocar um despertador para tocar cedo pode ser uma ideia dolorosa quando você está de férias, mas ele poderá te salvar de muitas situações desagradáveis. Sabe aquela sensação de estar preso no trânsito enquanto o horário do seu voo se aproxima? Então.

Se for possível, inclusive, prefira fazer check-in online, para facilitar o seu atendimento no aeroporto, e já confirmar o seu horário de saída e o terminal de embarque.

Quanto aos atrativos turísticos, invariavelmente, é sempre preferível organizar os horários para chegar mais cedo nos lugares. Assim, você consegue pegar uma foto boa sem ninguém na frente, almoçar tranquilo em horários alternativos, e, basicamente, ir contra o fluxo. Se todo mundo se programa para ver o pôr-do-sol, prefira ver o nascer dele.

Saia da rota mais comum

É verdade que, para quem quer conhecer o Peru, uma ida a Machu Picchu é praticamente inegociável: você já viu tantas fotos desse lugar, já leu tanto sobre ele, e agora você precisa contemplar tudo isso com os seus próprios olhos. Mas não deixe o principal ponto turístico de um lugar ofuscar todos os demais: afinal, sair da rota mais comum é uma ótima maneira de evitar as multidões e conhecer um pouco mais sobre o lugar que você está visitando.

O Peru, por exemplo, conta com diversas outras atrações que podem ajudar a enriquecer a sua experiência. A Cordilheira Blanca, com picos nevados que podem ultrapassar 5.000m, é um ótimo ambiente para fazer trekking; a região de Nazca, com seus desenhos feitos entre o século II a.C e o século VII d.C, é um mistério arqueológico imperdível; e até a região norte do país conta com resquícios de civilizações que antecederam os Incas e que podem ser visitados. 

Basta fazer uma rápida pesquisa para descobrir dezenas de atrativos alternativos para conhecer durante a sua estadia. E às vezes nem é preciso tanto: um simples “perdido” pelas ruas da cidade já pode te levar a um lugar pouco frequentado, mas com uma beleza digna de algumas fotos.

Seja responsável

O “excesso de turistas”, ou overtourism, em inglês, é definido como um problema que afeta negativamente a experiência turística em determinado lugar, e até as vidas das pessoas que lá habitam, devido à superlotação de visitantes. Em viagens de ecoturismo, o excesso de turistas pode prejudicar a própria natureza que as pessoas estão tentando apreciar. É por isso que, na alta temporada, dá para imaginar como essa discussão torna-se ainda mais relevante.

Embora você não possa controlar quantas pessoas estão planejando visitar, na mesma época, o mesmo lugar que você, você pode optar por ser um turista responsável para minimizar os impactos que serão causados. Assim, além de obedecer às regras específicas de cada atrativo turístico, tenha certeza de nunca comprar lembrancinhas feitas com produtos de origem animal, e quando estiver numa praia, deixe a areia e as conchas do jeito que estão, para não perturbar o ecossistema.

Além disso, tente sempre apoiar a economia local, comendo em restaurantes locais e familiares, utilizando o transporte local e comprando presentes de artesãos locais, para apoiar a cultura e os meios de subsistência das pessoas que lá vivem. E, se for se hospedar em um hotel, certifique-se de que eles têm um programa de reciclagem e de que existe um retorno à comunidade local.

Agora que você já conhece as dicas para viajar tranquilo na alta temporada, falta só marcar a viagem. A vantagem é que, com os serviços da Pisa Trekking, você nem precisa se preocupar com tantas coisas assim. Especialistas em viagens de ecoturismo, nós oferecemos diversos roteiros para o mundo inteiro. Confira todos eles aqui, tire todas as suas dúvidas com nossos atendentes e boa aventura!

Leia mais textos com dicas:

Conheça os nossos roteiros!

Assine nossa newsletter e receba nossos roteiros e novos textos do blog

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 307 outros assinantes

Deixe uma resposta