O que fazer em Mendoza?

Localizada na região oeste da Argentina, Mendoza é uma cidade que une o sofisticado ao aventureiro. Os seus vinhos são altamente cotados, e os azeites são bem estimados. Mas, por estar ao lado da Cordilheira dos Andes, as opções de atividades de aventura também são muitas, fazendo desse um clássico destino de trekking. Hoje, o Blog Vida ao Ar Livre te mostra o que fazer em Mendoza. 

Degustação de vinho

Hoje, Mendoza é responsável por mais de 70% de toda a produção de vinho da Argentina, mas as coisas nem sempre foram tão boas assim. Há pouco mais de 30 anos, o produto nacional não era considerado de qualidade, e a uva malbec, típica da região, era desvalorizada pelos enófilos. A situação começou a mudar quando produtores da bodega Catena Zapata passaram a empregar as mesmas técnicas de produção de vinho utilizadas na Califórnia, colocando Mendoza no mapa mundial do vinho.

Um passeio pelos “Caminhos do Vinho” em Mendoza não é apenas proveitoso pela oportunidade de degustação de vinhos como Bonarda, Torrontés e o próprio Malbec, mas também pela aula de história e geografia que ele envolve. Esses passeios costumam ser guiados por especialistas que explicam o processo de fabricação do produto, que vai desde a plantação das uvas ao seu armazenamento em garrafas. Você sai de lá entendendo a diferença entre os tipos de uva da Argentina, e reconhecendo os sabores e odores das cepas de Mendoza. 

  • Cicloturismo

Também é possível conhecer os vinhedos e as bodegas de Mendoza em um relaxante passeio de bicicleta. Esse não é um roteiro “denso” ou cansativo, porque a ideia é justamente tirar um tempo para apreciar as paisagens que nos cercam, com montanhas de picos nevados  e plantações de uva, curtindo o vento na cara e os diversos aromas que surgem.

Trekking

Mas com tanta natureza assim, aliada a um clima seco e ensolarado que nos convida às atividades ao ar livre, o turismo em Mendoza não fica restrito apenas aos vinhos. A região é porta de entrada para a Cordilheira dos Andes e para o Parque Aconcágua, que atraem muitos trekkers todos os anos.

A Plaza Francia, dentro do Parque Aconcágua, é um trekking que dura, em média, três dias, e chega a uma altitude de 4.000m. O caminho leva à face sul do Aconcágua, que com seus 6.962m de altura, é considerada a montanha mais alta fora da Ásia. A vista de lá evidencia toda a sua imponência através de suas geleiras e paredões. Os pernoites ocorrem em acampamentos, e o trekking é recomendado para pessoas que já tenham alguma experiência nesse tipo de atividade e tenham bom condicionamento físico.

Também é possível fazer um trekking mais longo até o Campo Base do Monte Aconcágua, com duração de mais ou menos seis dias. São mais de 6 horas diárias de caminhada intensa, parando em Pampas Leñas e Casa de Piedra, com o objetivo final de alcançar a Plaza Argentina, a 4.200m de altitude. Esse trekking exige um treinamento prévio de vários meses, a fim de garantir maior resistência cardiorrespiratória e fortalecimento dos membros inferiores. Esse é um bom treinamento para quem deseja chegar ao cume da montanha nas próximas temporadas. 

  • Rafting

Além do trekking, outras atividades ao ar livre também são incentivadas nos arredores de Mendoza, como o rafting. Localizada a 60km do centro de Mendoza, seguindo a mesma rota que leva ao Monte Aconcágua, está a cidade de Potrerillos, à beira do Rio Mendoza. Apesar de ser navegável durante todo o ano, o rio apresenta maior volume de águas durante o verão, quando os passeios de rafting são recomendados. O Rio Mendoza já foi escolhido para sediar o Campeonato de Rafting Pan-Americano de 2008, e a Copa do Mundo de Rafting de 2009. 

A viagem de Mendoza para Potrerillos pode ser feita de ônibus, durando cerca de 1 hora. Chegando lá, monitores nos instruem a respeito do uso e da segurança dos botes utilizados para o rafting, e tanto iniciantes como pessoas mais experientes são convidadas a participarem da atividade. O circuito tem aproximadamente 12 quilômetros, com um nível médio de dificuldade. 

Por ser a porta de entrada para a maioria das atividades de aventura da região, Potrerillos também oferece outras atividades, como canopy sobre o Rio Mendoza, e rappel na Cascata La Quebrada. Esse último passeio envolve um trekking de 3 horas, e um rappel de 18m em uma cachoeira bela e escondida pela natureza. 

Tour Alta Montanha

O Tour Alta Montanha, por sua vez, é um passeio de transfer que faz o apanhado geral dos melhores atrativos da região. O percurso nos leva em direção às montanhas, nos dando uma vista espetacular do Cordón del Plata, e passando pelo enorme Dique Potrerillos, uma usina hidráulica que é responsável pela distribuição de águas para os sistemas de irrigação das bodegas. 

Em seguida, nós chegamos a Uspallata, uma área originalmente habitada pelos índios pré-hispânicos, no ponto mais sul do Império Inca. Lá, é possível encontrar ruínas arqueológicas dessa civilização e edifícios históricos construídos em barro. Em suas proximidades, existe também a Puente del Inca, um dos endereços mais inusitados de toda a Argentina. 

A sua formação rochosa peculiar toma a forma de um arco, que ao longo do tempo, por conta da deposição de minerais, passou a obter uma coloração amarelada muito bonita. Abaixo do arco, existem as ruínas de antigo hotel de luxo que foi destruído por uma avalanche. O Tour continua pela região de Los Penitentes, onde existe um ski resort bastante popular durante o inverno, passando pelo Vale dos Horcones e se encerrando no Parque Aconcágua

  • Tour SPA Termas Cacheuta

Agora, se o que você mais quer é só passar um dia relaxante perto da Cordilheira dos Andes, é possível fazer terapias hidrotermais no SPA Termas Cacheuta. As águas termais provêm dos mananciais da Cordilheira, localizados a grandes profundidades, e que retornam à superfície com temperaturas que podem chegar aos 50ºC. Esse caminho percorre fraturas de granito do subsolo, onde a água absorve minerais e adquire propriedades curativas.

Lá também existe a opção de tomar banho de lama e de conhecer uma caverna que funciona como uma sauna natural, com temperaturas que giram em torno dos 45ºC. Tudo isso em um estabelecimento com ótima localização, ao lado do Rio Mendoza e cercado pelas Cordilheiras dos Andes.

Agora que você já sabe o que fazer em Mendoza, tá esperando o quê para agendar a sua viagem? Para garantir que tudo aconteça da melhor maneira possível, conte com os serviços da Pisa Trekking. Especialistas em viagens de ecoturismo, nós oferecemos diversos roteiros para Mendoza. Confira todos eles aqui, tire todas as suas dúvidas com nossos atendentes e bons passeios!

Leia mais textos sobre a Argentina:

Conheça nossos roteiros!

Assine nossa newsletter e receba nossos roteiros e novos textos do blog

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 323 outros assinantes

Deixe uma resposta