Tudo sobre a temporada de inverno em Ushuaia

Bem ao sul da Patagônia, no final da América do Sul, a cidade de Ushuaia, na Argentina, é uma ótima escolha para os que buscam um roteiro diferente, barato e com neve. Uma mistura de paisagens lindas, bosques nevados, lagos, atividades de neve, comércio e bons restaurantes.

Aqui é possível encontrar atividades para todos os gostos, desde uma navegação pelo Canal de Beagle para admirar leões marinhos e o imponente farol Les Eclairs, até passeios em motos de neve ou trenós puxados por huskies. Esqui, vinhos e restaurantes temáticos com boa gastronomia desde churrasco a pescados como a centolla (caranguejo-rei) e a merluza austral também fazem parte desse leque de opções. Conheça tudo sobre Ushuaia no inverno.

Como ir

A melhor forma é de avião. Voos diários saem do Brasil e conectam à cidade de Ushuaia com escala em Buenos Aires. O trecho São Paulo/Buenos Aires tem duração de mais ou menos 2h30, enquanto o trecho Buenos Aires/Ushuaia fica em torno de 3h40. 

E você se quiser, ainda é possível aumentar a sua estadia passando uma noite na charmosa cidade de Buenos Aires.

Documentos de viagem

Brasileiros devem apresentar passaporte ou documento de Identidade original (RG).

Quando ir

A neve começa a cair em Ushuaia a partir de maio, mas a maioria das atividades de neve, como caminhadas com raquetes de neve, trenós puxados por huskies, motos de neve e esqui, só começam a operar a partir de junho e vão até setembro. Mas se você viajar em maio, poderá ver montanhas nevadas e até neve nas ruas.

Para quem é indicado

Indicado para toda a família, desde os mais aventureiros até os mais contemplativos. Aqui você pode, em uma mesma viagem, conciliar os interesses de todo mundo. 

Enquanto um vai esquiar na pista, o outro pode ir junto e ficar tomando um vinho ou um chocolate quente na cafeteria da estação de esqui enquanto aprecia o movimento das pessoas esquiando ou a neve caindo.

Ou então, você pode andar de moto de neve enquanto os seus filhos brincam com trenós individuais escorregando nas pistas dos centros invernais. Quem estiver afim de um dia mais calmo pode fazer compras, visitar um museu ou uma das deliciosas chocolaterias da cidade, enquanto os demais podem escolher entre navegar em um barco no Canal de Beagle ou voar de helicóptero sobre a cidade e as geleiras de Ushuaia. Diversão para todos.

Vantagens do destino

Ushuaia apresenta vantagens sobre outros destinos de esqui pois não possui altitudes elevadas e nem é tão frio. O acesso é fácil com vôos curtos e baratos, além da diversidade de atividades e dos preços serem bem acessíveis.

Temperatura

Apesar da proximidade com o Polo Sul, a temperatura de Ushuaia durante o inverno não é tão fria: a média é de máxima 4C e mínima de -5C. O que poderá variar é a sensação térmica quando neva ou venta, fazendo com que a temperatura baixe alguns graus.

Onde se hospedar

A cidade possui a opção de se hospedar em hotéis cêntricos ou de montanha. Geralmente, os hotéis de montanha proporcionam um maior contato com a natureza e uma experiência mais exclusiva. Por serem mais luxuosos, contando com SPA, piscina e uma belíssima vista do Canal de Beagle, eles também costumam ser mais caros. O transporte para a cidade se dá através de um serviço de transfer de ida e volta.

Agora, se o objetivo da sua viagem é curtir a cidade, fazer compras com mais facilidade e conhecer melhor a vida noturna, um hotel cêntrico é a escolha certa. As lojas costumam funcionar até as 21h, e há bastante movimento nas ruas à noite. São diversas as opções de restaurantes e bares para você conhecer e relaxar após um dia de turismo intenso.

O que levar na sua viagem

Legal - você já sabe como ir, quando ir, para quem é indicado e onde se hospedar em Ushuaia. Mas, ainda assim, resta essa dúvida cruel. Para quem vive em um país tropical como o Brasil, não é fácil arrumar as malas para uma viagem até uma região próxima ao Polo Sul. Por mais que já tenha passado frio no Brasil em São Paulo, Campos do Jordão, Rio de Janeiro ou em Belo Horizonte, por exemplo, nada se compara ao zero grau. Mas também não exagere, você pode alugar roupas localmente. Lembre-se que as companhias aéreas cobram pelo excesso de bagagem.

Assim, considerando que a roupa não gera calor e quem gera calor somos nós, a roupa apenas cria uma camada de isolamento, onde o nosso próprio calor nos aquece. Dessa forma, opte por levar roupas que possam ser sobrepostas e vestidas em camadas: roupas de baixo térmicas (camisetas e calça), em seguida as outras camadas até chegar à última, que preferivelmente deverá ser impermeável.

Prefira os polares a malhas de lã, pois os polares, que se assemelham na aparência ao fleece, não permitem que passe o vento, enquanto que o vento passa livremente pelos buracos na malha de lã, fazendo-o perder calor, e consequentemente sentir frio.

Por exemplo, para esquiar ou realizar alguma atividade intensa, você utilizará a roupa apropriada que será alugada em Ushuaia e, por baixo dessa roupa, vestirá calça e camiseta térmica. 

Essa roupa pode ser de algodão ou polar, por vários motivos: é mais absorvente, mais quente e menos irritante. É comum que, depois de duas ou três descidas em pistas de esqui, você sinta calor, mesmo estando cercado de neve.

Casacos e blazers de lã serão utilizados apenas para as saídas noturnas ou passeios pela cidade. Mesmo assim, há uma regrinha que pode ajudá-lo a não carregar um monte de roupa nas mãos: tente levar peças que possam ser colocadas e tiradas conforme a temperatura. Se você usar um casacão pesado sobre uma camiseta de manga curta, não terá muita alternativa: ou usa o casaco e sente calor ou fica de camiseta e morre de frio. Logo, uma boa medida é levar algo intermediário, também. 

Sugestão do que levar: 1 mala de viagem média para guardar seus pertences; 1 mochila pequena de nylon reforçado para carregar seus pertences (câmera fotográfica, anorak, cantil, etc.) durante as caminhadas; Bota de caminhada pré-amaciada; Bota dupla (pode ser alugada no local); 1 par de tênis; 1 anorak (capa de nylon com capuz resistente à água e ao vento), que pode ser de esqui e pode ser alugada no local; 2 casacos tipo "Polar” ou Fleece; 1 calça tipo suplex ou nylon ou para neve (que pode ser alugada no local); 2 malhas de lã grossas; 1 par de luvas e gorro de lã; Roupas térmicas para usar por baixo da roupa diária (capilene – calça e camiseta); 3 ou 4 camisetas de manga curta ou longa; Meias: quatro pares de lã e quatro de fibra (coolmax) p/ caminhada (evitar algodão, pois retém água) e meias térmicas para esqui; 1 boné e óculos para sol; Medicamentos particulares e materiais de higiene pessoal em pequenas embalagens; Filtro solar para rosto e lábios; Hidratante para evitar o ressecamento da pele.

Cuidados básicos

Não esqueça de levar óculos de sol, protetor solar e protetor labial. A neve, superfície muito clara, funciona como um espelho, refletindo os raios solares e causando fortes queimaduras. Portanto, previna-se. 

Celulares

Há serviço de Wi-Fi em todos os hotéis. Mas, o sinal pode falhar durante os passeios por causa das montanhas que causam interferência. Por experiência própria, porém, garanto: há tanto o que fazer em Ushuaia que você nem vai lembrar de se conectar durante o dia.

Cuidado com os celulares: devem ser mantidos junto ao seu corpo, pois as baterias de lítio “congelam” no frio.

O que fazer em Ushuaia

Ushuaia possui atividades para todos os graus de aventura ou não. Entre eles na ordem de dificuldades, destacam-se:

Atividades leves: Tour Parque Nacional Terra do Fogo; Passeio no Trem do Fim do Mundo; Avistagem de Castores; Navegação Canal de Beagle com avistagem de Leões Marinhos e Aves; Museu do Presídio; Museu do Fim do Mundo; Galeria Temática; Lojas Duty Free (isenção de impostos), Cassino; sobrevoo de helicóptero sobre a cidade; aulas de esqui ou snowboard; trenós individuais (deslizadores de neve também conhecidos como “esquibunda”); Bar de gelo.

Atividades Moderadas: caminhada com raquetes de neve; passeio em trenó puxado por huskies; motos de neve; quadriciclos de neve; 4 x 4 ; esqui de fundo; esqui de pista.

Intensas: escalada em gelo; esqui de pista (pistas negra); snowboard, dirigir o próprio trenós puxado por huskies.

Agora que você já sabe tudo sobre Ushuaia, que tal começar a planejar uma viagem? Para fazer tudo isso com segurança e comodidade, conte com todo o suporte da Pisa Trekking. Especialistas em Patagônia há mais de 30 anos, nós oferecemos diversos roteiros para toda a região. Confira aqui o roteiro que separamos para você explorar Ushuaia no inverno. Tire todas as suas dúvidas com nossos atendentes e deslize pelos bosques nevados! 

Leia mais textos sobre Ushuaia:

Conheça os nossos roteiros!

Assine nossa newsletter e receba nossos roteiros e novos textos do blog

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 323 outros assinantes

Deixe uma resposta