Para onde viajar nos próximos feriados de 2021?

Com quatro feriados nacionais restantes - sem contar Natal e Ano Novo - o ano de 2021 ainda guarda boas oportunidades para sair de casa e aproveitar a vida ao ar livre. Brasil adentro, são muitos os destinos que proporcionam contato com a natureza e diversão sem aglomeração. Se você quer aproveitar o segundo semestre para colocar o pé na trilha, confira para onde viajar nos próximos feriados de 2021.

Serra do Cipó - Trekking 

A Serra do Cipó está localizada a 100 km de Belo Horizonte, em uma região de campos rupestres com muita biodiversidade, abrigando animais como tamanduás, jaguatiricas, veados e lontras. O relevo é cortado por inúmeros ribeirões e córregos que produzem cachoeiras belas e imponentes, como a Cachoeira de Congonhas, que possui três quedas d’águas diferentes.

A região é ideal para o trekking pois, além de fornecer desafios estimulantes com suas subidas e descidas, ao final de cada caminhada é possível se refrescar nas águas cristalinas da região, aproveitando um pouco mais da sua paisagem de campos, vales e montanhas. Para quem quer passar mais tempo na água, também é possível fazer um passeio em caiaques duplos ou stand-up paddles no Ribeirão Indequicé, Rio Parauninha e Córrego do Boi

Confira aqui o roteiro de Trekking na Serra do Cipó.

Jalapão 360° com Lagoa do Japonês 

O Jalapão, localizado no Tocantins, é rico em diferentes paisagens naturais, incluindo dunas, serras, campos, fervedouros, rios e cachoeiras. Assim, o roteiro 360º é ideal para quem quer conhecer um pouco de tudo isso, passando pelos principais cartões-postais da região, como a Serra do Espírito Santo, a Pedra Furada e a Cachoeira do Formiga.

O transporte ocorre em veículos 4x4, e totaliza cerca de 1.000 km percorridos. Já a Lagoa do Japonês, apesar de estar fora dos limites do parque, é outro tesouro escondido do Tocantins, que com suas águas verdes cristalinas e formações rochosas submersas, vem encantando diversos turistas que vão lá para mergulhar, conhecer a sua gruta submarina, e acampar nos seus arredores.

Confira aqui o roteiro de Jalapão 360º com Lagoa do Japonês. 

Aparados da Serra 

Aparados da Serra, no Rio Grande do Sul, é o maior conjunto de cânions da América Latina - apesar de muitos brasileiros não saberem da sua existência. A região é fria e de vegetação de araucárias e campos de gramíneas, com paredões rochosos que chegam a medir 900 metros de altura. Para conhecer tudo isso, existem trilhas que passam pelas bordas dos cânions, bem como passeios a cavalo e de bicicleta que passam pelos seus arredores.

Os dois cânions mais famosos são o Itaimbezinho e o Fortaleza, cujas trilhas têm duração de aproximadamente 3 horas. Em dias quentes, é possível encerrar as atividades com banhos de rio e de cachoeira, que ficam concentradas principalmente no Circuito das Águas. Para os mais aventureiros, existem também atividades opcionais, como rapel, passeio de bote, e até passeio para conhecer a produção de mel da região.

Confira aqui o roteiro para Aparados da Serra.

Chapada das Mesas 

Para quem é fã de banhos de cachoeiras, a Chapada das Mesas é o destino maranhense ideal. Localizada próxima à divisa com Tocantins, essa é uma região repleta de formações rochosas peculiares esculpidas pelo vento e pela chuva, bem como quedas d’água, cânions, e vegetação de cerrado e caatinga.

Com um nível moderado de caminhadas, associado a deslocamentos com veículos 4x4, é possível aproveitar o que o parque tem de melhor. O Santuário da Pedra Caída, por exemplo, guarda uma das cachoeiras mais belas de todo o Brasil, sendo que, para acessá-la, é preciso passar por um corredor cercado por paredões de 50 metros de altura, onde a água bate na cintura e te guia à cachoeira que aguarda no fim do caminho. 

Além de trekking, está incluso também um passeio de barco no Rio Tocantins, que começa no meio da tarde, tem parada para apreciação do pôr do sol, e termina em uma majestosa formação rochosa no meio do rio, no começo da noite.

Confira aqui o roteiro para os Encantos da Chapada das Mesas.

Serra do Espinhaço - Cicloturismo

A Serra do Espinhaço está localizada em Minas Gerais, na região de Diamantina. A vegetação é de cerrado, com estradões de terra batida, onde pequenos vilarejos pacatos, e com não mais de mil habitantes, pincelam a paisagem. A descida da serra é constante e suave, embora o passeio seja recomendado para pessoas ativas com alguma experiência em cicloturismo.

Com cinco dias de pedalada, as distâncias totais diárias variam entre 38 e 60 km, em estradas secundárias com pouco tráfego. O roteiro passa por dentro da cidade de Diamantina, considerada Patrimônio Histórico e Arquitetônico da Humanidade, bem como pelo Parque Estadual do Biribiri, onde há cachoeiras cristalinas e refrescantes. A região é repleta de história, abrigando o local de nascimento de figuras brasileiras ilustres, como Juscelino Kubitscheck e Chica da Silva, rendendo algumas curiosidades.

Confira aqui o roteiro de Cicloturismo na Serra do Espinhaço.

Chapada dos Veadeiros

A Chapada dos Veadeiros, em Goiás, esconde tesouros dos mais variados tipos, como cachoeiras esverdeadas, piscinas naturais, formações rochosas únicas e até cânions imponentes. Conhecida por ser o “berço das águas” do Centro-Oeste, o seu principal cartão-postal são os Saltos do Rio Preto, que possuem quedas de até 120 metros e oferecem banhos deliciosos.

Outro atrativo de destaque é o Vale da Lua, cujo solo rochoso cheio de cavidades faz o ambiente parecer um terreno lunar, e que em época de seca permite banhos nas piscinas que se formam. Os deslocamentos entre os diferentes atrativos do parque ocorrem de carro, enquanto o trekking fica restrito às trilhas até as cachoeiras.

Confira aqui e aqui os roteiros de feriado para a Chapada dos Veadeiros.

Itacaré

Itacaré é uma cidade situada no litoral sul de Salvador, e que não muito tempo atrás era um paraíso isolado conhecido apenas por surfistas e pescadores. Apesar de ter crescido nos últimos anos, ainda é possível encontrar praias desertas e bastante mata preservada pela região, por onde é possível fazer trekking e tomar banhos de cachoeiras.

São 13 as principais praias para se conhecer em Itacaré, sendo que algumas são acessíveis por carro e outras por trilhas. A Prainha é um exemplo desse segundo caso, estando cercada por Mata Atlântica e coqueiro, e contando apenas com um pequeno quiosque que serve bebidas e aperitivos, além de duchas e banheiros. É considerada uma das praias mais bonitas do Brasil, e dá acesso também para a formosa Praia de São José.

Além dos banhos no mar, surf, rafting, mountain bike, tirolesa e arvorismo são outras atividades incentivadas na região, atendendo a diversos perfis de viajantes.

Confira aqui os roteiros para Itacaré.

Agora que você já sabe para onde viajar nos próximos feriados, não perca tempo e agende o seu passeio! Para você não ter que se preocupar com a hospedagem e a programação das visitas, conte com os serviços da Pisa Trekking. Especialistas em ecoturismo, oferecemos várias opções de pacotes para o mundo inteiro. Escolha o ideal para você aqui, tire todas as suas dúvidas com nossos atendentes e aproveite!

Leia mais textos sobre esses destinos:

Conheça os nossos roteiros!

Assine nossa newsletter e receba nossos roteiros e novos textos do blog

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 372 outros assinantes

Deixe uma resposta